Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Obama garante que Coreia do Norte é uma ameaça e pede cooperação

AP Photo/Charles Dharapak
President Barack Obama and British Prime Minister David Cameron walk with umbrellas in the rain as they step off Marine One helicopter as they arrive in Toronto for the G20 Summit, Saturday, June 26, 2010. (AP Photo/Charles Dharapak)
Compartilhar

A Coreia do Norte representa uma “ameaça real” que pode ser resolvida apenas com cooperação – garantiu neste domingo (25) o ex-presidente americano Barack Obama, em visita ao Japão.

“A Coreia do Norte é uma ameaça real”, com um programa de armamento que “supõe uma ameaça significativa, não apenas para a região, mas para todo mundo”, disse ele em um discurso em Tóquio.

“Até agora está claro que não vimos os avanços que gostaríamos, mas, sobretudo, é preciso levar em conta que nenhum país, de maneira individual, poderá resolver este problema de modo tão efetivo quanto se trabalharmos todos juntos”, acrescentou.

Sob a Presidência de Obama, os Estados Unidos aplicavam uma política chamada “paciência estratégica” à Coreia do Norte, com a esperança de que as sanções levassem o regime comunista a abandonar seu programa nuclear.

Durante esse período, os avanços do país em matéria de bombas nucleares e mísseis balísticos demonstraram a ineficácia das sanções.

Obama está fazendo uma turnê na Ásia e já passou por Cingapura, Nova Zelândia e Austrália.

(AFP)