Aleteia
Segunda-feira 26 Outubro |
São Fulco
Atualidade

Bon Jovi bate recorde de vendas com álbum cheio de fé

JON BON JOVI

By Debby Wong | Shutterstock

Louise Alméras - publicado em 26/03/18

Com letras que remetem à fé cristã, o álbum "This house is not for sale" lidera as vendas nos Estados Unidos, desbancando a trilha sonora do filme “Pantera Negra”

Criado em 1983, o grupo americano Bon Jovi deve seu nome ao emblemático vocalista, Jon Bon Jovi. E o motivo de seu poderoso regresso à lista dos discos mais vendidos nos Estados Unidos – com o álbum This House is not for sale – está na ideia de enviar o disco por correio para todos os que compraram ingressos para os shows da banda. Os fãs ficaram enlouquecidos com esta ação e, num momento em que a música digital se impõe aos consumidores, o grupo viveu uma pequena vitória, contribuindo com a indústria do compact disc.

A Bilboard 200, o ranking semanal dos 200 álbuns mais vendidos nos Estados Unidos, incluindo os digitais, diz que foram vendidas 120.000 cópias do  This House is not for sale  até a fim de fevereiro de 2017 e classifica o álbum como o número 1 na semana seguinte. Em novembro de 2016, o disco estava no topo das paradas de sucesso e, 15 semanas depois, voltou a assumir a liderança de vendas.

Um rock inspirado ou filho de seu tempo?

Para uma banda de rock ou heavy metal, pode parecer surpreendente e até mesmo suspeito o fato de erem usadas referências a termos da fé cristã, os quais poderiam, propositalmente, ser mal utilizados. Porém, muitas canções deste álbum evocam um sentimento de espiritualidade e de superação graças às atitudes vitais do perdão, ao fato de questionar as coisas, de preferir o amor ao ódio, a luz à escuridão e de mencionar claramente que “o diabo não é (nosso) amigo”.

Diz-se que a fé abandou as almas de nossos contemporâneos. Mas a música é uma boa maneira de esquentá-la novamente. Jesus não para de atrair e questionar os mais comuns entre os mortais. Entretanto, não é a questão da religião que importa aqui, mas a mensagem que o Bon Jovi revela em suas canções, uma inclinação contra o desespero e contra aquilo que nos leva às trevas.

Na música Reunion, por exemplo, Jon Bon Jovi pede a seus amigos “que guardem suas orações e seu amém” para o último momento, a fim de que todos continuem vivendo, pois “assim não é como termina a história”. Bon Jovi espera os amigos em uma reunião (do outro lado?) e passeia em um carro, no qual pendura um terço no espelho retrovisor, o que ganhou muito destaque no clipe da música que dá nome ao álbum.

A alma de Bon Jovi não está à venda

Muitos dos temas do álbum são inspiradores e estão muito inspirados. Em Living with the ghost, por exemplo, Jon Bon Jovi canta: “Troquei a dor pela cura/ (…) Veja e diga às suas sombras que saí vivo/ (…) À noite tive este sonho / vi um homem lavando seus pés / na água benta da igreja/ (…) Deus, somente tento ter um pouco de paz. / Tive este sonho. / Este homem era eu”.

Em Labour of love, o vocalista pensa que “só os tolos contam o tesouro em prata ou ouro”, pois “a obra de amor nunca termina, é um trabalho de tempo integral”. Sua chamada é para vivermos a vida, segundo o que ressoa em Labour of love: “Isso não é um teste, é uma advertência / Não vou dizer que o céu está caindo / você tem que ler nas entrelinhas / deixar de esperar por um sinal / quem vai viver a sua vida?”.

Por último, em The Devil’s in the temple, ele denuncia: “Esta era uma igreja / uma casa cheia de oração / já não é mais, poderia ser derrubada / Há ladrões no altar / uma serpente usa a coroa / entrega carvão, jurando que é ouro. / Veja o que fizeram desta casa de amor / (…) O diabo está no templo e não é meu amigo. / Eu transformaria as coisas / faria, se pudesse / derrubaria as portas / quebraria as cadeiras / prisão para os prisioneiros. / Cantemos uma canção de liberdade, Amazing Grace”.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Música
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco e casais homossexuais: o que e...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia