Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 31 Outubro |
Beato Domingos Collins
home iconEspiritualidade
line break icon

Você tem uma horta interior?

GARDEN

Shutterstock-Alexander Raths

Miriam Diez Bosch - publicado em 28/03/18

Santa Teresa faz uma brilhante comparação entre os níveis de oração e o cultivo de uma horta

Santa Teresa de Jesus nos brinda com uma das reflexões mais belas sobre vida interior e espiritualidade. Ela compara sua experiência de oração (mais especificamente os seus diferentes níveis de profundidade) com o trabalho em uma horta.

Seguindo este pensamento, o historiador Josep Otón propõe uma interioridade habitada por “algo mais que o eu mesmo”. Uma interioridade “aberta à transcendência”.

Josep Otón é doutor em História e professor do Instituto Superior de Ciências Religiosas de Barcelona. Ele já escreveu livros sobre a Bíblia e também é autor de um romance, Laberintia, que foi traduzido para o francês.

Editado por Sal Terrae, seu livro Interioridad y espiritualidad [“Interioridade e espiritualidade] propõe um caminho para descobrirmos a interioridade e suas dimensões. Para isso, ele usa o exemplo da “horta interior” de Santa Teresa, que diz que quem começa a praticar a oração precisa pensar que está começando a preparar uma horta ou um jardim, para o deleite do Senhor.

Mas essa horta é diferente. Ela é plantada em terra árida, estéril, cheia de ervas daninhas que o próprio Deus arranca para plantar novas sementes.

O autor lembra que a Bíblia está cheia de imagens que remetem a jardins (ou hortas). Os profetas do Antigo Testamento, por exemplo, recorrem à imagem de um “jardim sem água”, referindo-se à situação de Israel, que dá as costas a Deus.

Por isso, as promessas de restauração costumam comparar a nova relação entre Israel e Deus como um “jardim bem irrigado” (Isaías 58,11 e Jeremias 31,12).

São especialmente significativas as palavras de Isaías: “Do deserto em que ela se tornou ele fará um Éden, e da sua estepe um jardim do Senhor. Aí encontrar-se-ão o prazer e a alegria, os cânticos de louvor e as melodias da música.” (Isaías 51, 3).

Já os relatos do Gênesis descrevem a saída do Paraíso, o jardim do Éden, regado por quatro rios. (Gênese 2,10).

A experiência espiritual proclamada pelos profetas parece indicar a conclusão deste processo, ou seja, do deserto ao jardim regado, da esterilidade à vida.

No Cântico dos Cânticos, o noivo se refere à noiva como um “jardim fechado”, e ela responde: “Entre meu amado no seu jardim, prove-lhe os frutos deliciosos”.

A horta e o jardim evocam a proximidade com Deus: a água é símbolo da vida e da fecundidade, já a secura representa a esterilidade.

A horta já existe 

A santa castelhana diz que “a horta já existe”, e, com a ajuda de Deus devemos, como bons jardineiros, fazer “as plantas crescerem”.

Otón diz que “a imagem da horta de Santa Teresa é muito sugestiva e nos faz refletir sobre interioridade e espiritualidade. Podemos considerar a terra como a imagem da própria a interioridade, um terreno que pode ser fértil ou não, mas que não produz nada por si só”.

O solo precisa da ajuda externa, das sementes e da água (que nos remetem à espiritualidade). O trabalho do agricultor é cultivar a horta.

Santa Teresa lembra que uma horta precisa ser regada. E há várias formas de fazer isso. A primeira é tirar água do poço, um grande esforço por parte do agricultor, do jardineiro ou de quem reza. Já a segunda é o uso de uma roda, com a qual pode-se extrair maior quantidade de água com menos esforço. O terceiro jeito é aproveitar a água de um rio. Assim, a horta fica alagada e não é preciso regá-la tanto.

Mas a quarta forma de regar a horta é a melhor. O homem intervém pouco, já que o campo é regado pela água da chuva.

Santa Teresa compara estes caminhos de irrigação aos quatro níveis de oração:

– o primeiro (extrair água) é a oração mental. Esforço e meditação;

o segundo (a roda), é a oração em silêncio, uma comunicação com Deus, em que a pessoa experimenta um recolhimento até o mais profundo de seu ser. É uma experiência sobrenatural;

– o terceiro (regar com água do rio) é quando a ação de Deus faz o indivíduo manifestar respeito à toda criação. Ele se sente embriagado pela oração quando percebe que as flores estão se abrindo e começam a exalar perfume;

no quarto nível, (a chuva) o ser humano se sente inundado pela inefabilidade divina e toma consciência dos efeitos de uma vida de oração.

A horta é a interioridade, a água do rio evoca a espiritualidade. A horta não é independente: para ser fecundada, deve abrir-se a exterior.

A partir de uma perspectiva de quem crê ou não, é recomendável seguir o conselho da santa: “Não subam se Deus não os sobe”. Há um ponto ao qual não é possível ascender somente com o próprio esforço. É preciso deixar acontecer, deixar-se conduzir, sem procurar alcançá-lo com as próprias forças. É nisso que consiste a espiritualidade.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
EspiritualidadeIgreja
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Brasileira Simone Barreto Silva é vítima de ataque terrorista na catedral de Nice
Reportagem local
Brasileira é vítima no ataque terrorista na c...
Reportagem local
França: atentado na basílica de Notre Dame em...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Pe. Robson de Oliveira
Francisco Vêneto
Defesa desmente Fantástico, da TV Globo, em n...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia