Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

As 10 palavras mais usadas pelos hipsters católicos

HIPSTER
Luca Rossato-CC
Compartilhar

Um guia para você não se perder no universo dos católicos “moderninhos”

The Catholic Hispter Handbook. Este é o título da recente publicação de Tommy Tigher (@theghissilent), um blogueiro e influencer católico californiano, pai de quatro filhos e que se propôs a descobrir os elementos mais cool do catolicismo.

Hipster é um termo que designa o membro de uma subcultura jovem urbana de classe média alta, que se identifica com tendências musicais alternativas, posições progressistas e consumo ecológico e da contracultura.

No livro, Thiger – que é muito conhecido nos Estados Unidos por sua grande atividade online – reúne conteúdos exclusivos sobre a figura do católico vistos de um ponto de vista mais moderno e “na moda”.

Uma longa lista de jornalistas, influencers, acadêmicos e religiosos católicos contribuíram com este manual prático, que faz qualquer principiante se situar rapidamente neste mundo católico.

“O catolicismo hipster existe”, assegura Tigher na introdução. Assim, um dos elementos que ele descreve no livro é o linguajar próprio e imprescindível para começar a transitar nesta vertente. Abaixo, estão 10 conceitos-chaves usados pelos hipsters católicos e explicados pelo autor:

Catholic Thirst: indivíduo que quer desesperadamente se casar;

Emotional chastity (“castidade emocional”): segundo Tigher, trata-se de um dos termos mais raros deste linguajar hipster. Significa ser disciplinado com as próprias emoções;

Guard your heart (“proteja seu coração”): uma advertência para as pessoas que querem muito namorar. “Não se precipite em planejar um casamento”, adverte o autor ao explicar o significado da expressão;

How is your heart? (“Como está seu coração?”): é uma expressão sinônima de “Como você está?”. Não é, porém, uma pergunta sobre a saúde física, e, sim, mais uma questão sobre o estado emocional das pessoas;

Intentionality (“Intencionalidade”): o autor sugere que perguntemos sobre as intenções de uma pessoa quando uma relação está começando. Não é ser um Catholic Thirst. Mas, segundo o autor, esta questão requer uma resposta inteligente;

Nunnabe: conceito que se refere à pessoa que quer ser religiosa. Vem da expressão inglesa Wannabe nun e define quem fala muito sobre isso e mal pode esperar para entrar no convento;

Predestinationships: reflete a ideia das almas gêmeas e o pensamento segundo o qual uma relação está predestinada por algum motivo concreto;

Steubies: moças e rapazes que foram à Universidade Franciscana de Steubenville. Eles são reconhecidos facilmente porque conhecem todos os católicos da região. Além disso, todos os Steubies se conhecem;

Tradbro: católico devoto e muito conservador. O conceito vem da junção das palavras em inglês Tradition Brother (amigo da tradição). Segundo o autor, o Tradbro sabe que ele o é (e os outros também);

STREAM: Sigla para Saint Thomas Rules Everything Around Me (“São Tomás governa tudo ao meu redor”). Expressão para ser usada quando alguém for lidar com os tomistas.