Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 10 Abril |
São Miguel de los Santos
home iconHistórias Inspiradoras
line break icon

Cultura da vida: em cirurgia rara, médicos salvam grávida e bebê

NOWORODEK

Pexels | CC0

Reportagem local - publicado em 03/04/18

Procedimento inédito no Reino Unido contou com mais de 30 médicos

A londrina Polly Marshall estava com 38 anos de idade e na vigésima nona semana de gravidez de seu primeiro filho quando começou a sentir fortes dores na barriga. A princípio, os médicos desconfiaram que ela estava entrando em trabalho de parto prematuro. Mas, depois de vários exames, a mulher foi diagnosticada com um edema na artéria uterina, que é responsável por irrigar o útero – uma função essencial na gravidez.

A anomalia é chamada de pseudoaneurisma, causa dores intensas e, segundo especialistas, pode levar a mãe e o bebê à morte, caso a artéria se rompa.

Polly precisou ser levada às pressas para a cirurgia – a primeira deste tipo realizada no Reino Unido. Ao jornal Daily Mail, o médico que liderou a equipe disse que o caso é extremamente raro. “Exames detalhados mostraram que o inchaço na artéria de Polly tinha 5 centímetros de diâmetro e estava aumentando. O fluxo de sangue através desta artéria é particularmente forte durante a gravidez, por isso sabíamos que não tínhamos outra opção”, explicou o Dr Kevin Hayes.

A operação contou com 30 especialistas, que travaram uma verdadeira batalha pela vida. Para alcançar o aneurisma, os médicos St. George’s Hospital, no sul de Londres, inseriram um cateter em um buraco do tamanho de um alfinete na virilha da paciente. Depois, inseriram bobinas de metal na artéria para impedir o fluxo do sangue. O medo dos especialistas era romper o vaso sanguíneo, o que poderia provocar a morte da mulher e do bebê. Obstetras estavam de prontidão, caso precisassem tirar a criança em uma situação de extrema emergência.

Mas felizmente não foi preciso. A operação foi um sucesso, e Polly conseguiu levar a gravidez até o fim. Três meses depois ela foi submetida a uma cesárea para dar à luz um meninão saudável, que foi batizado de Gus.

Tags:
BebêsGravidezMaternidade
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Jim Caviezel
J-P Mauro
Jim Caviezel fez o que pode ser considerado um dos maiores discur...
2
ALTAR BOY,
Un cammino chiamato famiglia
Coroinha desmaia durante Via Sacra, mas a cru...
3
Padre Gilvan Manuel da Silva perde pais e irmãos para covid-19
Reportagem local
Padre perde pais e irmãos para covid-19 e afirma: “Continua...
4
PRINCE PHILIP
Cerith Gardiner
11 fatos interessantes sobre o falecido príncipe Philip
5
Reportagem local
Santo Sudário, novo estudo: “Não é imagem de morto, mas de ...
6
FRANCISCO AND JACINTA MARTO
Tom Hoopes
As lições dos pastorinhos de Fátima aplicadas ao coronavírus
7
SAINT JOSEPH
Philip Kosloski
10 coisas sobre São José que você precisa saber
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia