Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Aleteia

Até os espermatozoides têm que ser comunistas em Pequim

congress china
WANG Zhao I AFP
Delegates attend the opening session of the Chinese Communist Party's five-yearly Congress at the Great Hall of the People in Beijing on October 18, 2017.
Compartilhar
Comentar

“Ser fiel à causa do Partido Comunista chinês” é a exigência surpreendente imposta a partir de agora aos doadores de um dos principais bancos de esperma de Pequim, em um contexto de endurecimento ideológico na China.

O requisito aparece mencionado em um chamado a doadores lançado na quarta-feira pelo hospital número 3 da Universidade de Pequim.

Os potenciais doadores não devem sofrer de doenças genéticas nem infecciosas, e devem ter “um fundo ideológico saudável”, indica uma nota publicada pelo hospital na rede social WeChat.

Os homens de entre 20 e 45 anos que desejem doar seu esperma devem “amar a pátria socialista, apoiar o governo do Partido Comunista, ser fiéis à causa do partido, demonstrar integridade moral, ter boa conduta, respeitar a disciplina e as leis e não ter nenhum problema político”, segundo a mesma fonte.

O hospital não precisou como verificará se os doadores cumprem as exigências políticas, e a AFP não obteve resposta ao entrar em contato com o estabelecimento para saber se estas fazem parte de uma campanha do governo.

(AFP)