Aleteia
Sábado 24 Outubro |
São Maglório
Religião

O inferno existe? Como entendê-lo?

ST MICHAEL THE ARCHANGEL

Shutterstock

Vanderlei de Lima - publicado em 10/04/18

Dada a estranheza dos dizeres atribuídos ao Santo Padre, órgãos católicos se puseram a comentar o tema

Em data recente, o Sr. Eugênio Scalfari, do jornal italiano La Repubblica, disse ter o Papa Francisco lhe assegurado que o inferno não existe, por conseguinte, ninguém vai para lá. As almas dos maus simplesmente desaparecem.

Dada a estranheza dos dizeres atribuídos ao Santo Padre, órgãos católicos se puseram a comentar o tema. “É ‘fruto de uma reconstrução’ e ‘não é uma transcrição fiel’” – disse a Sala de Imprensa da Santa Sé, conforme o site Vaticannews.va, de 3 de abril último. Já a página Religionenlibertad.com, de 29 de março, assegura que a fala de Scalfari não é credível, pois, além de ter errado outras vezes, nos seus 93 anos, faz entrevistas, mas nada grava, nem anota. Reproduz tudo de memória no seu jornal.

Isso posto, pergunta-se: qual é, em suma, a doutrina da Igreja sobre o inferno? – No Antigo Testamento, há uma insinuação da existência do castigo eterno aos idólatras (aqueles que adoram falsos deuses) em Isaías 66,24. O castigo é aí, como em outras passagens bíblicas (cf. Judite 16,17; Eclesiástico 7,17;21,9), designado por fogo e verme. Também Daniel 12,2, ao tratar da ressurreição, diz que, depois dela, uns irão para o prêmio e outros para o castigo eterno.

O Novo Testamento tem trechos ainda mais claros sobre o inferno. As parábolas do joio e do trigo (cf. Mateus 13,24-30.36-43), da rede de pesca (cf. Mateus 13,47-50), dos convidados à ceia (cf. Lucas 14,16-24), das dez virgens (cf. Mateus 25,1-12; Lucas 13,27-29) e do rico e Lázaro (cf. Lucas 16,19-31). Essas passagens são enfatizadas, mais claramente, em Mateus 25,33-46, no conhecido Evangelho do Juízo Final.

Outros textos vêm ainda ao caso. Marcos 3,28-29, onde fala que todo pecado é perdoado, menos o pecado contra o Espírito Santo. Que é esse gravíssimo pecado? – É o fechamento obstinado à graça de Deus que chama, sem cessar, mas também sem forçar, o ser humano à conversão. Diz-se que é contra o Espírito Santo por ser Ele o grande dom divino à humanidade. Em João 5,28-29, aparece, com ênfase, o julgamento (krísis, em grego) no sentido de que o réu se sai mal ou é condenado (cf. João 3,17). Marcos 9,47-48, relembrando Isaías 66,24, recorda a importância de cortar o mal de nossa vida a fim de sermos salvos ou não condenados. Os Apóstolos também afirmam a salvação ou a condenação eternas em Gálatas 5,19-21; Efésios 5,5; 2 Coríntios 4,3-4.

O Papa Paulo VI, resumindo o clássico ensino da Igreja, no Credo do Povo de Deus (1968), n. 13, diz que o Senhor Jesus sofreu, morreu na cruz e ressuscitou, subiu ao céu, e de lá virá julgar os vivos e os mortos, segundo os seus méritos: “os que corresponderam ao Amor e à Misericórdia de Deus irão para a vida eterna; porém os que os tiverem recusado até a morte serão destinados ao fogo que nunca cessará. E o seu reino não terá fim” (itálico nosso). É a confirmação do inferno.

Pergunta-se: em que consiste, afinal, o inferno? – O Compêndio do Catecismo da Igreja Católica, n. 212, responde: o inferno “consiste na condenação eterna daqueles que, por escolha livre, morrem em pecado mortal. A pena principal do inferno é a eterna separação de Deus, o único em quem o homem encontra a vida e a felicidade para que foi criado, e a que aspira. Cristo exprime esta realidade com as palavras: ‘Afastai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno’ (Mateus 25,41)”.

Mais: como o inferno se concilia com a misericórdia de Deus? – A resposta não é difícil. Deus é infinitamente misericordioso; não tiranicamente misericordioso. Deu liberdade a cada ser humano. Ele pode usá-la bem ou mal. Daí se atribuir a Santo Agostinho de Hipona a sentença: “Aquele que te criou sem ti, não te salva sem ti”.

Quem está no inferno, além do diabo e seus anjos? – Impossível dizer. Em tese, todos os que morreram em pecado grave, mas, na prática, não se sabe até onde vai a misericórdia divina nos momentos extremos da vida de alguém ou quantos bons ladrões existem (cf. Lucas 23,42-43).

Eis os ensinamentos da Igreja sobre a dura realidade do inferno.

Vanderlei de Lima é eremita na Diocese de Amparo

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Papa Pedro João Paulo II Bento XVI Francisco
Reportagem local
Pedro, João Paulo, Bento e Francisco: 4 Papas...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia