Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Aleteia

Falso sacerdote vendia falsas relíquias de São João Paulo II

POPE JOHN PAUL II RELIC
Compartilhar

Ele se fazia passar por "padre Salvatore", agia na internet e oferecia até "certificado de autenticidade" (tão falso quanto ele e sua "relíquia")

Tão falsas quanto a identidade do autoproclamado “Padre Salvatore” eram as alegadas relíquias do Papa São João Paulo II que ele vendia no eBay, um dos maiores e mais populares sites de vendas online do mundo.

E quem descobriu a farsa foi o próprio Vaticano, que apresentou denúncia à polícia. O falsário, um professor identificado apenas pelas siglas C.M.D., enfrenta agora processo judicial.

A falsa relíquia anunciada no eBay contava até com “certificado de autenticidade” – outra grosseira falsificação. Providencialmente, o documento ilegítimo acabou sendo submetido à análise da diocese de Roma, que, diante da assinatura apócrifa e do selo de garantia diferente do original, não teve a menor dúvida quanto à falsificação. Além disso, mesmo que a relíquia e o seu certificado fossem autênticos, o Direito Canônico proíbe expressamente a sua venda, o que já tornaria a transação criminosa de qualquer maneira.

Feita a denúncia e realizadas as investigações pela polícia italiana, vem agora o próximo passo: o julgamento do falsário.

Mais falsários

Têm sido relativamente frequentes, também, os casos de vigaristas que se fazem passar por clérigos católicos, inclusive no Brasil. Recorde um dos casos mais chamativos, ocorridos no ano passado:

Falsos sacerdotes circulam pelo Brasil e participaram de Missa na Canção Nova

Em destaque, Jonathan Alifer Albuquerque (à esquerda) e Jorge Heracleo (à direita) / Foto: Captura de tela - Facebook Escolástica da Depressão