Aleteia
Quinta-feira 22 Outubro |
São Moderano
Religião

Bispo italiano relata o comovente encontro do Papa com Thomas, o pai de Alfie

Papa Francisco e Tom Evans

Vatican Media

Vaticano - Reportagem local - publicado em 18/04/18

Francisco, emocionado, expressou toda a sua admiração pela coragem do jovem pai inglês de 21 anos que batalha pela vida do filho

A notícia surpreendeu e comoveu o mundo: Thomas Evans, o pai do bebê Alfie, chegou na manhã desta quarta-feira ao Vaticano para se encontrar com o Papa Francisco.

Quem organizou esse encontro emocionante foi dom Francesco Cavina, bispo da diocese de Carpi, no centro da Itália (não confundir com a ilha de Capri, que fica no sul do país).

O bispo de Carpi esteve presente no encontro e testemunhou as emoções e a intensidade do colóquio, no qual o Papa expressou toda a sua admiração pela coragem do jovem pai inglês de 21 anos.

Papa e Tom Evans
ANSA, via Vatican News

Thomas, também chamado apenas de Tom, vem lutando bravamente, junto com a mulher, Kate, pela vida do pequeno Alfie, o bebê de quase 2 anos internado no Alder Hey Children’s Hospital de Liverpool. Alfie sofre de uma doença neurodegenerativa desconhecida e os médicos britânicos pedem a suspensão do tratamento para, segundo eles, “melhor defender o seu interesse” – o que soa perfeitamente absurdo para quem entende que ser morto não é do “melhor interesse” de ninguém.

Tom e Kate querem transferir o filho ao Hospital Bambino Gesù, do Vaticano, que se declarou disposto a acolhê-lo para assisti-lo com humanidade e dignidade enquanto a sua vida puder durar. A transferência para Roma, no entanto, foi negada pelos médicos e pelos juízes britânicos. Está sendo aguardado agora o último pronunciamento da Corte Suprema do Reino Unido.

Alfie's Army Official

A entrevista com dom Francesco

Dom Francesco relatou ao site informativo oficial Vatican News os detalhes do encontro de Tom com o Papa Francisco. Eis a conversa:

Dom Francesco: O encontro foi decidido na manhã de ontem, depois que eu recebi um pedido de Liverpool questionando se era possível o Santo Padre receber o pai de Alfie, Thomas, pois havia a sentença da Corte de Apelação que reafirmou a decisão do Tribunal de Primeira Instância, de que a ventilação artificial deveria ser desligada, deixando a criança morrer. Devo dizer que, 20 minutos depois, o Santo Padre expressou o seu desejo de encontrar-se com Thomas.

Vatican News: Como foi este encontro de hoje?

Este encontrou durou cerca de 20 minutos e foi de grande emoção. O Santo Padre era consciente do que o pai de Alfie relatou e, a certo ponto, disse: “Eu o admiro pela coragem que o senhor tem, é jovem, mas tem muita coragem para defender a vida do seu filho”. E disse que, de certa forma, a coragem desse pai é semelhante ao amor de Deus, que não se resigna a nos perder. Penso que foi o momento mais comovente.

Vatican News: E as palavras de Thomas?

Ele contou a sua dor, porque este era o desejo dele, dividir com o Santo Padre essa dor. E depois explicou o que está se passando com o hospital que deveria dar os cuidados a Alfie e que não permite que a família dê um tratamento em outro hospital. E ainda relatou ao Santo Padre coisas que ele certamente já conhecia, o que dizem os juízes, ou seja, que a vida do menino seria “inútil”. Thomas rebateu dizendo que “Alfie é filho de Deus e, porque é filho de Deus, tem direitos. Se foi Deus quem lhe deu esta vida, que seja também Deus quem a tire no momento certo“. É exatamente por isso que ele está lutando e está pronto para combater até o fim.

Vatican News: Então o Papa reiterou o apoio ao pai de Alfie. Mas o que saiu desta reunião?

Desta reunião saiu que o Santo Padre me instruiu a manter relações com a Secretaria de Estado para que o Hospital Bambino Gesù faça todo o possível para acolher Alfie nos seus serviços de saúde. E é isso o que estamos tentando fazer agora. Existem grandes dificuldades do ponto de vista legislativo e jurídico. Vamos ver se é possível superá-las.

Vatican News: Quais são as esperanças do pai de Alfie?

O pai de Alfie, devo dizer, saiu muito revigorado. No final da reunião, quando estávamos sozinhos, ele ficou muito emocionado e disse: “Eu não acredito! Não acredito no que o Santo Padre me disse!“, só pela emoção que ele experimentou. Para chegar aqui, hoje, eles fizeram uma viagem absurda: tiveram que ir a Atenas e, depois, de Atenas a Roma: eles praticamente viajaram toda a noite. Estavam fisicamente cansados. Penso que nem tudo está resolvido. Temos que dizer assim.

Se não encontrarmos uma disposição por parte dos juízes e dos hospitais britânicos, tudo ficará muito mais difícil e correremos o risco de permanecer num impasse, como o que já estamos vivendo agora. Nós temos que continuar a orar. Acredito que tudo o que foi alcançado neste período, mesmo a mobilização que ocorreu envolvendo muitas pessoas, é fruto da oração. Temos que dizer, realmente, que o poder da oração é capaz de superar todos os obstáculos que podem ser colocados, para que a dignidade da pessoa seja respeitada.

Vatican News: Como o senhor vê este assunto?

Humanamente falando, é uma coisa inacreditável. Do ponto de vista do bom senso, me parece que estamos além de toda lógica humana. Dois pais estão pedindo para transferir o filho de um hospital para outro, eu não entendo por que isso deveria ser evitado: se não é na Itália, que seja em qualquer outro hospital na própria Inglaterra. É difícil entender uma coisa dessas.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
AbortoAlfie EvansBebêsCultura do descarteJustiçaPapa FranciscoPaternidadeVida
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Extremistas queimam igrejas no Chile
Francisco Vêneto
Por que queimam igrejas: Dom Henrique e Pe. J...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia