Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 04 Agosto |
São João Maria Vianney
home iconAtualidade
line break icon

Combates violentos entre o regime e uma coalizão curdo-árabe no leste da Síria

SYRIA

AFP PHOTO / LOUAI BESHARA

Agências de Notícias - publicado em 29/04/18 - atualizado em 29/04/18

Uma coalizão curdo-árabe apoiada por Washington enfrentou neste domingo as forças do regime sírio em combates na região leste do país, que terminaram com seis mortos entre as Forças Democráticas Sírias (FDS), informou a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Os combates acontecem na província de Deir Ezzor, rica em petróleo e que já foi controlada pelo grupo Estado Islâmico (EI), expulso da maior parte da região após várias ofensivas.

As forças do regime conquistaram durante o dia quatro localidades, segundo a agência oficial Sana, mas algumas horas mais tarde as FDS recuperaram o controle de três destas áreas, segundo o OSDH.

Esta província foi alvo de uma disputa entre as forças do regime, apoiadas pela aviação russa, e as FDS, com a ajuda da coalizão internacional liderada por Washington.

O regime de Bashar al-Assad controla atualmente a cidade de Deiz Ezzor, capital da província, mas também toda a margem oeste do Eufrates, enquanto as FDS permanecem na margem leste.

“O objetivo do regime é proteger a cidade de Deir Ezzor, empurrando os combatentes das FDS que se encontram na margem leste”, afirmou o OSDH.

Ao mesmo tempo, o regime sírio e os rebeldes alcançaram um acordo para a retirada dos rebeldes de uma zona da periferia sul de Damasco, próxima a um reduto do EI, informou a imprensa estatal.

O anúncio aconteceu no momento em que o regime lidera uma grande operação militar para eliminar os combatentes do EI de seu último reduto na área metropolitana de Damasco, que compreende o campo de refugiados palestinos de Yarmuk.

Os rebeldes do bairro de Yalda, em Damasco, assim como aqueles das localidades de Babila e Beit Sahem, na periferia sul da capital, aceitaram abandonar a região, anunciou a agência oficial Sana.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
Gritos levam polícia à casa de dois idosos, que choravam copiosam...
2
Sintomas da depressão
Reportagem local
8 sintomas físicos da depressão: fique atento a si mesmo e ao seu...
3
Philip Kosloski
Mesmo com ouro e glória, Michael Phelps foi ao fundo do poço – ma...
4
Pe. Edward Looney
Padre revela: por que sempre levo água benta comigo ao viajar
5
MAN
Reportagem local
Oração da noite para serenar o espírito e pacificar a ansiedade
6
sacerdotes
Reportagem local
Suicídio de sacerdotes: desabafo de padre brasileiro comove as re...
7
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia