Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

4 maneiras de como o voluntariado irá melhorar sua saúde

VOLUNTEERS
Syda Productions | Shutterstock
Compartilhar

Estudos mostram que ajudar os outros realmente aumenta seu bem-estar físico e mental

 

Uma pesquisa mostrou que se doar aos outros estimula as mesmas áreas do cérebro que são motivadas por atividades prazerosas, como a alimentação e o sexo. E ainda assim, às vezes, podemos relutar em dar o salto e tentar.

Então, caso você esteja precisando de alguma motivação, aqui estão quatro maneiras de como o voluntariado irá melhorar sua saúde, de acordo com Barbara R. Edwards, MD, da PsychCentral:

  1. Aumenta sua confiança. O voluntariado pode lembrar que você tem um propósito na vida, que suas contribuições são valiosas e que você tem a capacidade de fazer a diferença.
  2. Diminui o estresse. Um estudo do Carnegie Melon mostra que aqueles que fazem voluntariado regularmente têm uma pressão arterial baixa. Os efeitos psicológicos e físicos do voluntariado podem diminuir o estresse e a ansiedade, permitindo que você ajude outras pessoas, conheça pessoas novas, se movimente e desvie o foco de sua própria vida por algum tempo.
  3. Reduz o risco de depressão. Passar tempo com outras pessoas pode ajudar a aumentar a socialização e o apoio, diminuindo suas chances de lutar contra a solidão e desenvolver sintomas depressivos.
  4. Longevidade. Um estudo mostrou que aqueles que fazem voluntariado vivem mais do que aqueles que não o fazem. No entanto, o estudo também mostrou que a intenção de uma pessoa no voluntariado desempenhou um papel vital. Aqueles que se voluntariaram por razões altruístas experimentaram efeitos positivos em sua saúde, enquanto aqueles que se ofereceram por razões egoístas não tiveram.

Jenny Santi, autora do livro The Giving Way to Happiness: Stories & Science Behind the Life Changing Power of Giving, escreveu: “A chave é encontrar a abordagem que nos cabe. Quando fazemos, quanto mais nós damos, mais ganhamos propósito, significado e felicidade – todas as coisas que procuramos na vida, mas que são tão difíceis de encontrar”.