Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

100 vidas em 1: São Paulo Apóstolo e os 3 temas que o mundo arde para escutar

filme Paulo apóstolo de Cristo
Divulgação / Columbia Pictures
Compartilhar

"Ele pode falar disso melhor que ninguém. Tudo esteve centralizado nestas três coisas"

Estreou no Brasil em maio de 2018 um dos filmes de temática religiosa mais aguardados dos últimos anos: Paulo, Apóstolo de Cristo.

No roteiro, São Lucas arrisca a vida para viajar até Roma e visitar São Paulo, que está preso à espera da execução. Na época, os cristãos estavam sendo brutalmente perseguidos pelo imperador Nero. O filme mostra a tenacidade de São Paulo, que, mesmo na prisão, continua evangelizando mediante as epístolas que escreve para as comunidades cristãs, bem como os desafios de São Lucas para proclamar o Evangelho.

O ator James Faulkner, intérprete de São Paulo, comenta:

“Esse ancião, que devia ter uns 71 anos, caminhou mais de 15 mil quilômetros, teve praticamente todas as doenças possíveis, foi apedrejado duas vezes, flagelado muitas vezes, naufragou duas vezes, foi picado por uma serpente… É o homem que transforma as palavras nos atos dos Apóstolos. Ele era capaz de ser um homem genuíno. Era por esta razão que as pessoas o escutavam”.

O produtor T. J. Berden acrescenta:

“A vida dele é tão extensa e tempestuosa que parece impossível que uma pessoa tenha vivido tudo isso. Ele viveu cem vidas em uma”.

Andrew Hyatt, o roteirista e diretor do filme, declara:

“Ele pode falar disso melhor que ninguém, porque sabe o quanto aquela transformação pode levar alguém longe. Tudo esteve centralizado nestas três coisas: graça, misericórdia e amor. Eu me emociono ao oferecer estes temas ao mundo numa época em que estamos tão desesperados para escutar isto, escutar que somos amados e que há misericórdia e graça para todos, escutar que há um Deus maior que nós e que nos ama e que não podemos cair tão baixo a ponto de não ser alcançados por Ele”.

Jim Caviezel, que interpreta o evangelista São Lucas, comenta:

“O perdão não começa com o amor simplesmente, mas com um amor ardente. É fácil amar as pessoas que gostam do que você pensa. É mais difícil tratar alguém que tenha uma visão contrária com a mesma dignidade e respeito com que você trataria um amigo. Esta é a mensagem central deste filme”.

Veja o trailer legendado em português: