Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 31 Outubro |
Beato Domingos Collins
home iconAtualidade
line break icon

Presidente iraniano alerta Trump antes de decisão sobre acordo nuclear

Hassan Rohani, président de la République islamique d'Iran © Fatemeh Bahrami / ANADOLU AGENCY

TEHRAN, IRAN - JANUARY 17: Iranian President Hassan Rouhani (C) gives a speech during a press conference in Tehran, Iran on January 17, 2016. Yesterday, international sanctions on Iran were lifted within nuclear deal. Fatemeh Bahrami / Anadolu Agency

Agências de Notícias - publicado em 06/05/18

A poucos dias da decisão do presidente americano Donald Trump sobre o acordo nuclear iraniano, Teerã advertiu neste domingo (6) que os Estados Unidos lamentariam “como nunca” sua eventual retirada do texto.

“Se os Estados Unidos deixarem o acordo nuclear, vocês logo verão que eles vão se arrepender como nunca antes na história”, declarou o presidente iraniano, Hassan Rohani, em um discurso transmitido pela televisão pública.

O acordo em questão foi concluído em julho de 2015, em Viena, entre Teerã e o Grupo 5+1 (China, Estados Unidos, França, Grã-Bretanha, Rússia e Alemanha), antes da chegada à Casa Branca de Donald Trump.

Neste texto, o Irã declara solenemente que não procura adquirir a bomba atômica e concorda em frear seu programa nuclear para fornecer ao mundo garantias de que suas atividades não são militares.

Em troca, a República Islâmica obteve o levantamento gradual e temporário das sanções internacionais impostas em razão desse programa.

Mas não tendo nenhuma palavra forte o suficiente para denunciar este acordo alcançado sob a presidência de Barack Obama, Donald Trump deu aos europeus até 12 de maio para encontrar um novo texto que pudesse remediar as “lacunas terríveis” do atual. Sem isso, prometeu retirar o país do acordo.

– “Vamos resistir” –

Os ultraconservadores iranianos defendem uma linha muito dura. Na quinta-feira, Ali Akbar Velayati, assessor para assuntos internacionais do líder supremo, o aiatolá Ali Khamenei, disse que o Irã deixaria o acordo se Washington cumprisse sua ameaça.

Em contrapartida, Rohani e seu ministro das Relações Exteriores, Mohammad Javad Zarif, têm sido vagos nas últimas semanas sobre a natureza da reação iraniana.

“Seja qual for a decisão de Trump, vamos resistir”, disse o presidente Rohani neste domingo.

Ele garantiu que deu “há vários meses, (…) as ordens necessárias”, em particular à Organização Iraniana de Energia Atômica (OIEA), em antecipação à decisão de Trump.

Rohani, no entanto, não forneceu detalhes sobre a natureza dessas instruções.

Enquanto os europeus buscam preservar o acordo tentando convencer o Irã a negociar a questão de seus mísseis e seu papel na região, Rohani voltou a ser categórico.

Teerã “vai construir tantos mísseis e armas quanto forem necessários” para sua defesa. “Respeitamos nossos compromissos, mas somos claros que não negociaremos com ninguém sobre nossas armas e nossa defesa”.

O presidente iraniano também ressaltou que o Irã está pronto para discutir questões regionais, mas não abandonar sua luta “contra o terrorismo”.

“Queremos dialogar com o mundo para que a nossa região seja segura”, mas “não vamos permitir que criem um novo Daesh” (sigla em árabe para o grupo Estado Islâmico), disse Rohani, sem maiores detalhes.

Neste domingo, o ministro das Relações Exteriores britânico, Boris Johnson, cujo país também faz parte do acordo de Viena, iniciou uma visita de dois dias a Washington, durante a qual discutirá a questão iraniana.

Em um comunicado, ele assegurou que os ocidentais estão “unidos em seus esforços para combater o tipo de comportamento iraniano que torna a região do Oriente Médio menos segura”.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Brasileira Simone Barreto Silva é vítima de ataque terrorista na catedral de Nice
Reportagem local
Brasileira é vítima no ataque terrorista na c...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Reportagem local
França: atentado na basílica de Notre Dame em...
Pe. Robson de Oliveira
Francisco Vêneto
Defesa desmente Fantástico, da TV Globo, em n...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia