Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 21 Abril |
Santo Apolônio
home iconAtualidade
line break icon

Um patrimônio jesuíta ameaçado por uma planta

MISIONES

Sebastian Veits-(CC BY-NC 2.0)

Pablo Cesio - publicado em 07/05/18

Um dos maiores símbolos da influência dos jesuítas na América do Sul corre o risco de desabar; obras de restauração estão travadas por questões administrativas

Um dia, quando estava cavalgando, o sacerdote jesuíta Jacobo Razonier avistou uma “verdejante colina”, que se caracterizava por sua vegetação de “palmeiras, coqueiros e laranjeiras”. A beleza natural do lugar o cativou tanto que, quando voltou para Santa Maria da Fé, o religioso convocou algumas famílias da redução jesuíta para acompanhá-lo na aventura de fundar uma nova cidade: Santa Rosa, no Paraguai. Isso aconteceu em 2 de abril de 1698.

Este testemunho, dado por ele mesmo e difundido em vários meios de comunicação – entre eles o site do município de Santa Rosa – dá destaque à cidade localizada no departamento de Missões, no Paraguai, que está entre as que mais tiveram influência dos jesuítas na América do Sul.

Na cidade, o visitante pode disfrutar da riqueza patrimonial e arquitetônica que os jesuítas deixaram em suas missões no Paraguai. É onde também se localiza a famosa torre de pedra vermelha – além da Casa de los Indios, a capela Loreto e diversas obras de arte, que têm mais de 300 anos e se tornaram grandes atrativos turísticos.

MISIONES
Sebastian Veits-(CC BY-NC 2.0)

No entanto, o prédio, que é considerado como “pegada indelével” dos jesuítas em Santa Rosa e que faz parte do rico patrimônio local, encontra-se “deteriorado e em grave risco”, como apontou o jornal Última Hora.

E a causa da deterioração e do risco de desabamento é nada mais nada menos do que uma planta da espécie Ficus luschnathiana, que cresce sobre outros vegetais, usando-o como suportes e é considerada uma praga em países como Brasil, Argentina e Paraguai.

As raízes desta planta, popularmente conhecida como figo ou “varas de andorinhas”, tornou-se a principal ameaça e uma enorme dor de cabeça para os apreciadores da valiosíssima herança jesuíta. Se nada urgente for feito, a planta continuará crescendo e apoderando-se da famosa torre – algo que tem levado muita gente a denunciar a situação às autoridades locais.

Nesse sentido, uma das principais vozes é a da paróquia de Santa Rosa. “No ano passado, foi feita uma licitação para a obra de restauração da torre. O projeto também incluía a recuperação das ruas em frente à igreja, a capela de Loreto e a Casa de Indios. Mas só foi aprovada a parte da torre. A obra foi ajuizada ao engenheiro Mario Llano Vanni, mas há um impasse por causa de uma denúncia feito por outro profissional. Isso está atrasando o início dos trabalhos e a necessidade é urgente”, disse Joaquim Martínez, pároco de Santa Rosa ao jornal Última Hora.

Por sua parte, Mario Llano Vanni, proprietário da MLLV, construtora que venceu a licitação, argumentou que foram apresentados os documentos necessários para o início das obras, que estão paradas por questões administrativas.

Com isso, uma beleza patrimonial e histórica continua ameaçada por uma planta; a mesma vegetação que há séculos encantou o jesuíta. Sem dúvidas, é preciso fazer a poda urgentemente, para que a torre possa “permanecer de pé” e continuar sendo o símbolo da rica herança jesuíta no Paraguai e na América Latina.

MISIONES
Sebastian Veits-(CC BY-NC 2.0)

Com informações de Última Hora(artigo traduzido e adaptado ao português por Aleteia)

Tags:
HistóriaReligiosos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens poderosas
2
Ordenação sacerdotal
Francisco Vêneto
Ex-testemunha de Jeová será ordenado padre católico aos 25 anos
3
MIGRANT
Jesús V. Picón
O menino perdido no deserto nos convida a refletir
4
BENEDICT XVI
Francisco Vêneto
Em nova e extensa biografia, Bento XVI desmascara o atual “...
5
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
6
Papa Bento XVI
Francisco Vêneto
Bento XVI faz 94 anos e é o primeiro Papa a atingir essa idade na...
7
ALTAR BOY,
Un cammino chiamato famiglia
Coroinha desmaia durante Via Sacra, mas a cru...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia