Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Newsletter Aleteia: uma seleção de conteúdos para uma vida plena e com valor. Cadastre-se e receba nosso boletim direto em seu email.
Registrar

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Esta imagem da Virgem Maria é mais alta que a Estátua da Liberdade

VIRGIN OF PEACE
Compartilhar

Sabe onde ela fica?

Clique aqui para abrir a galeria de fotos

De 1892 a 1954, quando a Ilha Ellis servia como principal porta de entrada nos Estados Unidos, os migrantes que chegavam pelo outro lado do Atlântico eram recebidos por uma colossal estátua neoclássica que representava aquilo que todos procuravam: liberdade.

“Então, de repente, ouvimos uma grande comoção e chegamos à
América”, lembra uma imigrante. “E todo mundo começou a gritar que via “A Senhora”, a Estátua da Liberdade”, acrescenta.

“A Senhora” é uma estátua de cobre de 46 metros de altura – um presente da França aos Estados Unidos em 1886. Foi desenhada pelo escultor francês Frédéric Auguste Bartholdi e construída por Gustave Eiffel, que também ergueu a Torre Eiffel, em Paris, um ano depois.

Durante anos, a Estátua da Liberdade foi considerada a imagem mais alta das Américas. Mas, em 1983, o escultor espanhol Manuel de la Fuente levantou uma estátua de 46 metros da Virgem Maria: a Virgem da Paz, no Estado de Trujilo (Venezuela ocidental).

A imagem imponente foi construída com concreto e pesa 1200 toneladas. É poucos centímetros mais alta que a Estátua da Liberdade (a Virgem da Paz tem 46,72 metros, enquanto a Liberdade tem 46,05) e alguns metros maior que o Cristo Redentor do Rio de Janeiro (que tem 38 metros de altura, incluído a base).

A imagem da Virgem da Paz foi construída a pedido do ex-presidente venezuelano Herrera Campins sobre uma colina de 1448, onde – dizem – a Virgem apareceu em 1570.  Segundo relatos, uma jovem caminhava pelas ruas da aldeia de Carmona para comprar velas. Um grupo de homens se aproximou dela e perguntou: “por que andas sozinha?’. A menina, então, respondeu: “não estou sozinha; estou com Deus, o sol e as estrelas”. Os homens seguiram-na quando ela foi se esconder atrás de algumas pedras e ficaram conhecendo a sua identidade.

De forma semelhante à Estátua da Liberdade, a Virgem da Paz pode ser visitada por dentro. São cinco varandas fechadas que proporcionam uma vista espetacular da mata tropical que a rodeia.

A Virgem da Paz foi inspirada em Nossa Senhora da Paz, que é padroeira espiritual de Trujilo desde 1568 e da diocese local (desde 1960). Ela segura uma pomba branca na mão direita, que é o símbolo da paz no mundo.

A imagem também é dona do recorde da representação mais alta da Virgem Maria no planeta. Porém, apesar de seu tamanho colossal e seu forte simbolismo, não atrai muitos visitantes como os outros lugares turísticos do país.

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.