Aleteia
Segunda-feira 26 Outubro |
São Fulco
Atualidade

Bispo chileno renuncia a comissão contra abusos sexuais por investigação

GOIC

iglesia.cl

Mons. Alejandro Goic, obispo de Rancagua, Chile.

Agências de Notícias - publicado em 27/05/18

A Igreja católica chilena sofreu um novo golpe neste sábado (26) com a renúncia de Alejandro Goic, bispo da cidade de Rancagua, à presidência do Conselho Nacional de Prevenção de Abusos Sexuais da Conferência Episcopal, que investigava denúncias contra sacerdotes.

A Conferência Episcopal do Chile, “após deliberar sobre as razões citadas e dialogar com ele (Goic), decidiu aceitá-la na data de 26 de maio do presente ano”, indicou um comunicado do Comitê Permanente do episcopado divulgado neste sábado.

Submetida a uma profunda crise pelo acobertamento e por denúncias de abusos sexuais, a Igreja chilena recebeu a renúncia de Goic do conselho, criado em 2011, após o escândalo provocado pelo influente sacerdote chileno Fernando Karadima, acusado de pedofilia e suspenso em definitivo pelo Vaticano.

Sete anos depois, Goic recebeu este novo escândalo em que 13 sacerdotes e um diácono de Rancagua (90 km ao sul de Santiago) foram acusados de delitos sexuais e onerosos gastos pessoais com dinheiro da Igreja, após denúncias de uma paroquiana, Elisa Fernández, em uma reportagem do Canal 13 veiculada há uma semana.

“Compreendemos que as atuais necessidades e dificuldades que ocorreram na diocese em que pastoreia tornaram necessária essa determinação”, afirma a nota episcopal.

Goic, que presidiu o conselho desde sua criação, explicou que sua renúncia se deve à sua necessidade de “concentrar seus esforços para esclarecer” as denúncias contra os 14 religiosos, segundo entrevista publicada neste sábado pelo jornal La Tercera.

Os 14 religiosos, que estão suspensos de suas funções desde segunda-feira, foram denunciados por supostos delitos sexuais consumados em uma rede denominada “La família” durante pelo menos uma década, segundo as declarações de Fernández, ex-coordenadora da pastoral juvenil de Rancagua.

“A comunidade olha para todos nós, os cristãos, com desconfiança, e nós estamos indignados, queremos mudar isso”, manifestou-se, por sua vez, Gustavo Madrid, porta-voz da rede Laicos do Chile, que teme, ainda, que os casos de abusos possam se multiplicar.

O Conselho de Prevenção de Abusos é formado por quatro religiosos e quatro profissionais. Agora, será presidido por Ignacio González, bispo de San Bernardo, comuna ao sul de Santiago.

– Investigação –

O bispo de 78 anos anunciou que foi iniciada uma investigação dos 13 padres “pelo uso de dinheiro paroquial em despesas pessoais ou por conduta imprópria em relação ao celibato, que não corresponde à sua missão sacerdotal”.

“Peço-lhes que rezem por mim, para que eu não desanime na busca da verdade, por mais dolorosa que seja”, acrescentou.

Goic explicou que, dos 13, o padre Luis Rubio, da cidade de Paredones (242 km ao sul de Santiago), é o único que foi denunciado por abuso sexual de menores, em 2013. Depois disso, ele foi suspenso e os antecedentes do caso foram levados ao Vaticano e à Justiça civil.

Uma vez concluída a investigação, Goic determinará a gravidade dos crimes cometidos. Então, tomará a decisão, se for necessário, de iniciar um processo canônico contra os supostos criminosos.

Ele também não descartou a possibilidade de ir à Congregação para a Doutrina da Fé, um órgão colegiado do Vaticano que investiga esse tipo de crime.

O Ministério Público de Rancagua, diante do qual Goic depôs nesta quarta-feira, também abriu uma investigação “por possíveis crimes sexuais contra menores” com base nas denúncias de Elisa Fernández.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco e casais homossexuais: o que e...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia