Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Por favor, ajude-nos a manter este importante serviço. APOIE AGORA
Aleteia

Padre franciscano é agredido em Belém ao defender peregrinos

ankawa.com
Compartilhar

E as "fake news" já se encarregaram de aumentar os ataques...

O pe. Fadi Shalufa, sacerdote franciscano responsável pelo Santuário da Gruta do Leite, em Belém, foi agredido neste 1º de junho por dois jovens que, logo antes, tinham assediado um grupo de peregrinos que visitava o local do nascimento de Jesus. Os dois agressores foram presos pela polícia palestina.

Segundo Wadie Abunassar, porta-voz da Assembleia dos Ordinários Católicos da Terra Santa, os dois jovens estavam perturbando e amedrontando um grupo de peregrinos em visita à igreja da assim chamada Gruta do Leite, situada ao lado da Basílica da Natividade. O pe. Fadi pediu então que os peregrinos entrassem mais rapidamente na igreja e depois fechou o portão, impedindo o acesso dos dois assediadores.

Foi quando eles começaram a agredir o frade verbalmente e, em seguida, um deles tentou atingi-lo através da grade com um objeto pontiagudo, possivelmente uma faca. A tentativa de agressão física foi gravada por câmeras de vigilância.

Abunassar agradeceu à Autoridade Nacional Palestina por se mobilizar rapidamente e impedir os agressores de prosseguirem na violência, ao mesmo tempo em que instou os usuários das redes sociais a não lançarem versões não verificadas do incidente.

De fato, “fake news” sobre o episódio já tinham começado a circular pela mídia social, algumas voltadas a atacar muçulmanos em geral e outras voltadas a atacar o próprio padre, acusando-o de “preconceito”.

A Custódia Franciscana da Terra Santa igualmente expressou confiança na Autoridade Palestina e reiterou o compromisso de garantir a todos o livre acesso aos Lugares Santos, recordando:

“A segurança dos peregrinos, sejam locais ou estrangeiros, sejam cristãos ou muçulmanos, é tão sagrada quanto a santidade dos lugares que visitam”.

_____

Com informações da Agência Fides

Milhões de leitores em todo o mundo – incluindo milhares do Oriente Médio – contam com a Aleteia para se informar, buscar inspiração e conteúdos cristãos. Por favor, considere a possibilidade de ajudar a Edição em Árabe com um pequeno donativo.