Aleteia
Sexta-feira 23 Outubro |
São Paulo Tong Viet Buong
Religião

Aprofundando o sacramento da Crisma

© Kamil Szumotalski/ALETEIA

Padre Bruno Roberto Rossi - publicado em 11/06/18

Trataremos, neste artigo, da matéria, da forma e do ministro na Crisma

Diz o Compêndio do Catecismo da Igreja Católica, n. 267, “O rito essencial da Confirmação é a unção com o santo crisma (óleo misturado com bálsamo, consagrado pelo Bispo), feita com a imposição da mão por parte do ministro que pronuncia as palavras sacramentais próprias do rito. No Ocidente, tal unção é feita sobre a fronte do batizado com as palavras: ‘Recebe por este sinal, o Espírito Santo, o Dom de Deus’”. O ministroordinário desse sacramento é o bispo diocesano. O extraordinário, o sacerdote.

Aqui, já temos a matéria e a forma do sacramento da Crisma. Sim, a matéria é a unção com óleo e a imposição das mãos. Ainda que entre os teólogos haja debate sobre qual dos dois é essencial, há uma posição a afirmar que ambos são importantes. Escreve Bartmann, Teologia dogmática III, p. 126, que a Unção “na Igreja latina é feita somente na fronte; na Igreja grega faz-se também no peito, nos pés, nos ouvidos, nos olhos, no nariz. Há também outras cerimônias como o pequeno tapa, símbolo da resistência nas batalhas da fé e o lenço do crisma que se usava antigamente, por três dias sucessivos, em torno da cabeça e se retirava com um rito especial”. A forma (palavras) da Crisma teve pequenas variações ao longo do tempo. Hoje, é a que está no Compêndio: “(Nome), recebe por este sinal, o Espírito Santo, o Dom de Deus”. O crismando responde: Amém.

Vale a pena explorar um pouco desse valioso simbolismo contido na matéria da Crisma. O Prof. Felipe Aquino, no livro Os sete sacramentos (Cléofas), p. 34, escreve: “Para os judeus o óleo da oliveira era sinal da bênção divina (Dt 7,13; Jr 31,12) e de salvação (Jl 2,9). Ele tinha um valor muito grande: é bálsamo que perfuma o corpo (Am 6,6; Est 2,12), fortalece os membros (Ez 16,9), tira a dor das feridas (Is 1,6; Lc 10,34); por isso, é símbolo da alegria (Sl 103,15). Derramar óleo sobre a cabeça de alguém era desejar-lhe felicidade e alegria, e prova de amizade e honra (Sl 22,5; 91,11; Lc 7,46; Mt 26,7). Era usado para ungir os reis e sacerdotes em sinal de escolha divina e de consagração a seu serviço, e era acompanhada da presença do Espírito que tomava posse da pessoa escolhida (1Sm 16,12-13). A imposição das mãos era sinal de bênção (Gn 48,14-16; Mc 10,16), consagração de alguém (Nm 8,10; 27,15-23), identificação de vítima oferecida (Lv 16,21; 1,4; 3,2; 4,4), transmissão de dons a alguém (At 6,6; 13,3; 1Tm 4,14; 5,22), cura de enfermidade, como Jesus fez (Lc 13,13; Mc 8,23-25; Lc 4,40; Mc 16,18; At 9,12; 28,8)”.

Pe. Leo Trese, na obra A fé explicada, p. 255, diz: “O crisma é um dos três óleos que o bispo benze todo ano na sua Missa de Quinta-Feira Santa. Os outros dois são: o óleo dos catecúmenos (usado no Batismo) e o óleo dos enfermos (usado na Unção dos Enfermos). Todos os santos óleos são de azeite puro de oliveira. Desde a antiguidade, o azeite de oliveira é considerado como uma substância fortificante, tanto que muitos atletas costumavam untar o corpo com ele, antes de participarem de um certame atlético. O significado dos santos óleos que são utilizados na administração dos sacramentos é, pois, patente: o azeite significa o efeito fortificante da graça de Deus. Além da bênção especial e diferente que cada um recebe, o crisma tem outra particularidade: é misturado com bálsamo, uma substância aromática que se extrai dessa árvore. No crisma, o bálsamo simboliza a ‘fragrância’ da virtude, o bom odor, a atração que deverá desprender-se da vida daquele que põe em movimento as graças da Confirmação”.

As longas citações que, propositadamente, fiz, aqui, demonstram a importância fundamental do (a) crismado(a) na vida da Igreja. Vivencie, portanto, irmão e irmã, sua Crisma, e se você ainda não foi crismado(a), informe-se da preparação em sua paróquia.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Espírito SantoSacramentos
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Extremistas queimam igrejas no Chile
Francisco Vêneto
Por que queimam igrejas: Dom Henrique e Pe. J...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia