Aleteia
Terça-feira 27 Outubro |
Para Ela

O lado doce da maternidade

Blog Mamães da Vida Real - publicado em 12/06/18

Depois do puerpério vem sempre a bonança!

Fica todo mundo infernizando as futuras mães de primeira viagem com “aproveita, porque você nunca mais vai dormir”, “você nunca mais vai ao cinema, colega”, “nunca mais vai ter o mesmo corpo, aproveita pra usar os shorts enquanto te cabe”.

É um tanto de mudança mesmo, eu não vou mentir pra vocês. A maior parte dos dias são bem difíceis no sentido de nos encontrarmos com o “novo”, com o fato de a maternidade “mexer com nossa zona de conforto”.

Mas essa carga do “nunca mais”, não é verdade.

Eu, por exemplo, já li dois livros desde que meu filho nasceu ( ele está com 11 meses e meio), já fui ao cinema 4 vezes, naquela sessão abençoada do Cinematerna, e eu já durmo algumas noites completas, viu?

Já assisti a duas séries completas no NetFlix enquanto amamentava, já vi novelas no Globo Play, assisti ao BBB…

E com relação às roupas, elas me servem, sim. Mas, agora eu penso em todas as situações antes de vesti-las: vou agachar pra pegar bebê? Vou amamentar? E por aí vai.

Então, não fique achando que “agora que virei mãe, só vou usar legging e moletom”; use sim, se achar confortável e tiver a ver com seu estilo. Mas se não gostar de usar, ou nunca usou, não é porque virou mãe que agora vai mudar seu estilo.

Olhe pra dentro de você, a mulher ainda está aí dentro, basta convocá-la.

No início, principalmente os primeiros 3 meses, foram muito intensos pra mim. E acredito verdadeiramente que podemos sim, falar a verdade sobre este início para as mães saberem o terreno que estarão pisando assim que se tornarem mães.

Mas, não acho que devemos atazanar essas mães, amedrontando, pois dessa forma fica parecendo que filho é boleto, e não uma coisa doce e risonha que vem pra ensinar, melhorar e encantar.

Mamães, não fiquem com medo da maternidade. Depois do puerpério, vem sempre a bonança!

Por Mara Sartori Badin, 38 anos, mãe do Samuel (Via Blog Mamães da Vida Real)


WOMAN PRAYING ON THE BED

Leia também:
A fé que renasceu ou nasceu com a maternidade

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
FilhosMaternidadeMulher
Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
São Padre Pio de Pietrelcina
Oração de cura e libertação indicada pelo exo...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia