Aleteia
Segunda-feira 26 Outubro |
São Fulco
Religião

O Papa mandou um terço de presente a Lula? Vaticano desmente a falsa notícia

terço do Papa

Facebook Lula

Reportagem local - publicado em 12/06/18

"Fake news" foram veiculadas e compartilhadas ontem por páginas ligadas a grupos políticos e ideológicos brasileiros

O Vatican News, a agência informativa oficial do Vaticano, desmentiu hoje uma notícia falsa veiculada na tarde desta segunda-feira por alguns sites e páginas de redes sociais: a de que o Papa Francisco teria enviado um terço de presente a Luiz Inácio Lula da Silva, preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

A página de Lula no Facebook havia publicado a foto de um terço junto a um papel com o brasão e a assinatura do Papa Francisco. De acordo com a publicação, o terço teria sido enviado pelo Santo Padre por meio do advogado argentino Juan Grabois, ex-consultor do Pontifício Conselho Justiça e Paz – mas que, também erroneamente, era apresentado como “assessor do Papa”.

Eis o desmentido publicado pelo Vatican News:

Esclarecimento sobre a notícia da entrega de Terço do Papa ao ex-presidente LulaVários meios de comunicação brasileiros deram a notícia sobre a entrega de um Terço do Papa ao ex-presidente Lula. Esclarecemos:O advogado argentino Juan Grabois, fundador do Movimento dos trabalhadores excluídos e consultor do Pontifício Conselho Justiça e Paz, deu uma entrevista em sua tentativa de visitar o ex-presidente Lula na prisão de Curitiba, onde está detido há mais de dois meses. Grabois disse que a visita era pessoal e não em nome do Santo Padre. Ele não teve a permissão para se encontrar com Lula.Na entrevista, ele nunca declarou que foi o Papa a enviar o Terço, mas simplesmente que se tratava de um Terço que tinha sido “abençoado” pelo Papa. Terços como esse são levados, como o Santo Padre deseja, a tantos prisioneiros do mundo, sem entrar no mérito de realidades particulares.12 junho 2018, 14:22
Fonte: Vatican News

A atualização da nota pelo Vatican News

Apresentando como data e horário “13 junho 2018, 00:51”, o Vatican News publicou nova nota com o título “Correção sobre o caso Grabois-Lula“. O texto anterior foi retirado do site e o novo artigo explica que a nota prévia continha “imprecisões na tradução e nas transcrições que induziram a alguns erros“.

A essência da nota, porém, não foi alterada: assim como antes, ela não afirma que o terço entregue a Lula tenha sido enviado nominalmente a ele pelo Papa Francisco, mas sim que o próprio Grabois queria entregar a ele um terço abençoado pelo Papa. Afirmações e interpretações sobre o que a nota não diz são de responsabilidade de quem as fizer. A respeito dos terços abençoados pelo Papa e que são acessíveis a todo peregrino em visita ao Vaticano, confira informações mais abaixo neste mesmo artigo, na seção “Sobre os terços abençoados e as palavras do Papa“. Em vez de alterarem o já publicado sobre este assunto, as correções expostas pelo Vatican News se limitam aos dados sobre o trabalho de Juan Grabois e sobre as declarações feitas por ele em sua tentativa de visitar Lula.

A primeira imprecisão corrigida pelo Vatican News diz respeito ao cargo de Grabois, esclarecendo que ele não é “ex-consultor do Pontifício Conselho Justiça e Paz“, mas sim “consultor do ex-Pontifício Conselho Justiça e Paz“. Ou seja, o prefixo “ex” havia sido atribuído ao posto de consultor de Grabois em vez de ser atribuído ao dicastério vaticano, que deixou de existir porque foi incorporado ao novo Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral. Grabois continua sendo consultor do novo dicastério. O Vatican News observa ainda que Grabois é o coordenador do encontro mundial dos movimentos sociais em diálogo com o Papa Francisco, desconsiderando-se, por conseguinte, a informação genérica divulgada por outros veículos de que ele seria “assessor do Papa“.

A segunda imprecisão corrigida pela agência informativa diz respeito às declarações de Grabois ao ser impedido de visitar Lula em Curitiba, conforme reproduzidas a seguir, em cópia na íntegra da nova nota do Vatican News:

Correção sobre o caso Grabois-LulaCorrigindo um nosso serviço precedente sobre o caso Grabois-Lula, devemos ressaltar que havia imprecisões na tradução e nas transcrições que induziram a alguns erros. Abaixo apresentamos a notícia correta.O advogado argentino Juan Gabrois é Consultor do ex-Pontifício Conselho Justiça e Paz, que passou a fazer parte do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, e é o coordenador do encontro mundial dos movimentos sociais em diálogo com o Papa Francisco.Grabois concedeu uma entrevista (https://youtu.be/A7F-C1Bi5Q0) depois de ter sido impedido de visitar o ex-presidente Lula no Cárcere de Curitiba, onde está detido há mais de dois meses. Grabois definiu inexplicável a rejeição de não ter podido se encontrar com Lula a quem queria levar um Terço abençoado pelo Papa, as palavras do Santo Padre e as suas reflexões com os movimentos sociais e discutir assuntos espirituais com o ex-chefe de Estado.Grabois disse que está muito preocupado com a situação política no Brasil e em vários países da América Latina. Enfim, disse estar muito triste pela proibição de realizar esta visita, mas que o importante é ter conseguido levar a Lula o Terço.13 junho 2018, 00:51
Fonte: Vatican News

Sobre os terços abençoados e as palavras do Papa

Segundo a agência ACI Digital, um vídeo divulgado pelo Partido dos Trabalhadores (PT) mostra Grabois afirmando que trouxe para Lula “um terço abençoado pelo Papa Francisco”. O tradutor, no entanto, diz que o advogado “trazia este rosário que é um presente do Papa ao presidente Lula”.

É bastante acessível, no Vaticano, obter rosários e medalhas abençoados pelo Papa em cerimônias públicas. Qualquer peregrino pode levar para casa um desses sacramentais e presenteá-lo a um amigo. Embora sejam objetos devocionais abençoados de fato pelo Papa, isto não quer dizer que é o Papa em pessoa quem os presenteia de modo nominal e específico a determinado destinatário.

O mesmo se aplica às “palavras do Papa e as suas reflexões com os movimentos sociais“, que, sendo públicas, também estão acessíveis a todos, independentemente de crenças e de pertencimento ou não a movimentos sociais específicos.

Outras falsas notícias envolvendo o Papa

Não é a primeira vez que o nome do Papa Francisco é usado de forma tergiversada por grupos ideológicos para darem a impressão de que o Papa lhes presta apoio pessoal.

  • Em dezembro de 2016, uma organização abortista brasileira descontextualizou palavras do Papa e mentiu a fim de manipular a opinião pública a favor do assassinato de bebês. Confira o caso indignante aqui.
  • Em março deste ano, a Sala de Imprensa da Santa Sé precisou se pronunciar sobre a notícia de que o Papa teria telefonado para a mãe da vereadora Marielle Franco, assassinada no Rio de Janeiro. Confira o caso aqui.
  • No começo de abril, espalhou-se pela internet uma montagem com a foto do Papa e uma falsa frase que ele teria dito na homilia da Vigília Pascal a respeito de Lula e da sua prisão. Confira este caso aqui, acompanhado pela íntegra da verdadeira homilia do Papa na Vigília Pascal.
  • A assim chamada “grande mídia” também costuma, frequente e propositalmente, descontextualizar declarações dos Papas relacionadas com temas sociais, econômicos e políticos considerados polêmicos, além de deturpar até mesmo declarações sobre questões doutrinais da Igreja.

Fontes oficiais e confiáveis

Os discursos oficiais do Papa Francisco podem (e devem) ser consultados na única fonte oficial que os divulga na íntegra: o site do Vaticano.

Notícias oficiais sobre atividades de interesse público do Santo Padre podem ser conferidas no site do Vatican News, a única agência oficial da Santa Sé.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
IdeologiamentiramidiaPapa FranciscoTerço
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco e casais homossexuais: o que e...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia