Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Está com problemas para alcançar seus objetivos? Tente o trabalho em equipe

THINK
REDPIXEL.PL - Shutterstock
Compartilhar

Em casa, no trabalho, na igreja... Boas equipes aceitam trabalho e são uma ótima ferramenta para o sucesso

Quantas vezes você desistiu de tentar resolver um problema ou realizar um projeto? Às vezes, simplesmente não parece possível alcançar nossos objetivos; ficamos impressionados com o número de coisas que precisam ser feitas e as diversas atividades e habilidades necessárias. Talvez o problema seja que estamos tentando fazer sozinhos – ou não coordenamos nosso trabalho adequadamente com os outros.

Hoje, mais do que nunca, o trabalho em equipe é uma necessidade básica se quisermos que as coisas sejam feitas – seja em casa, no trabalho ou na igreja. É fundamental para o sucesso, porque através do trabalho em equipe, podemos alavancar os diferentes conhecimentos, habilidades, disponibilidade etc., de um grupo de pessoas, de modo a multiplicar a produtividade de cada pessoa e reduzir seus esforços, aumentando, assim, a eficiência.

Às vezes, uma equipe se forma naturalmente – por exemplo, toda família deve ser uma equipe. Outras vezes, as equipes são o resultado de nossa própria iniciativa ou são impostas a nós por uma organização onde trabalhamos ou somos voluntários. Em todos os casos, no entanto, existem certos fatores que devemos levar em conta.

Para desenvolver um trabalho em equipe saudável, precisamos começar com a base correta:

Primeiros passos antes de lançar um projeto em equipe

Defina objetivos. Estes devem ser específicos e realistas, e devem ser compartilhados e discutidos com toda a equipe.

Defina funções. Delegar funções dá maior ordem e evita redundâncias e perda de tempo – ou pior, nenhuma atividade falha devido à falta de organização. Se a equipe é uma família, por exemplo, quem é responsável pelas finanças? Quem lava a louça? Em uma equipe mais formal, quem é o secretário? 

Especifique as regras. Primeiro, a equipe deve concordar sobre quem é o líder e colocar seu apoio nele ou nela. (Muitas vezes, especialmente na família ou no trabalho, os papéis de liderança são predeterminados). Então, os membros da equipe devem se comprometer com o cumprimento de suas tarefas de maneira oportuna. Outras regras também serão necessárias, como procedimentos a serem seguidos, relatórios etc.

Disponibilidade para resolver conflitos. É extremamente importante ser capaz de resolver conflitos imediatamente e em particular, sem culpar publicamente os outros. Conflitos sempre surgirão em uma equipe e podem levar a sérios problemas, até mesmo à desintegração da equipe. Pode ser útil definir maneiras de lidar com conflitos, incluindo um árbitro neutro para ajudar a resolver divergências persistentes. 

Saiba como celebrar sucessos. É importante celebrar os seus pequenos sucessos ao longo do caminho, uma vez que estes sempre trarão mais motivação para ir atrás dos principais objetivos. Se sua equipe estiver encarregada do ministério de jovens em sua paróquia, comemore o fim dos retiros ou atividades com uma festa de pizza; no final do ano letivo, antes de todos saírem de férias, faça uma peregrinação mariana a um santuário favorito.

Como você pode melhorar o trabalho em equipe? Use os 5 Cs…

Mais e mais especialistas estão aconselhando equipes profissionais a usar os “5 Cs”, que são uma maneira fácil de lembrar muitos dos pontos listados acima.

Complementaridade: Cada um dos membros de uma equipe tem habilidades diferentes, então cada um deve se encarregar de uma determinada seção ou tarefa.

Coordenação: A equipe precisa de um líder que coordene e organize todo o trabalho.

Comunicação: Deve haver comunicação ideal entre todos os membros da equipe. Ninguém pode permanecer isolado ou deixar de dar sua opinião, porque todas as partes do quebra-cabeça são necessárias para atingir o objetivo.

Confiança: Os membros da equipe devem confiar em seus colegas de equipe e saber que não estão trabalhando por interesses pessoais, mas pelo bem comum e pelo sucesso compartilhado.

Compromisso: Deve haver um compromisso por parte de todos os membros da equipe para atingir o objetivo principal.

A maneira exata de implementar essas ideias depende de cada equipe; embora os princípios básicos sejam os mesmos, uma coisa é estar em um ambiente de negócios, e outro estar em uma equipe de voluntários ou trabalhar com sua família como uma equipe para ajudar uns aos outros a crescer em responsabilidade, maturidade, amor e santidade.

Em todo caso, o trabalho em equipe pode ser uma grande ajuda; afinal de contas, o próprio Cristo escolheu uma equipe – os doze apóstolos – para estabelecer a Igreja na Terra. Aplique esses princípios da melhor maneira possível, e você pode ter certeza de que verá os resultados, especialmente se o Espírito Santo for, pelo menos implicitamente, parte de sua equipe.