Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

França e Líbia ‘reforçam cooperação’ para controlar fluxo de migrantes

paris refugees
Compartilhar

França e Líbia decidiram “reforçar sua cooperação” para “controlar melhor os fluxos migratórios” e lutar contra as “redes” de “tráfico de seres humanos” – anunciou a Presidência francesa neste domingo (17).

O presidente francês, Emmanuel Macron, e o primeiro-ministro líbio, Fayez Al Sarraj, conversaram por telefone, segundo um comunicado.

Ambos os dirigentes “falaram sobre o controle dos fluxos migratórios entre Líbia e Europa” e decidiram “reforçar sua cooperação para controlar melhor os fluxos migratórios e lutar de forma mais eficaz contra as redes criminosas de tráfico de seres humanos”, indicou a Presidência francesa.

Além disso, trataram da “situação política e de segurança da Líbia”, e o presidente francês “reafirmou seu apoio às autoridades líbias e aos esforços do primeiro-ministro Sarraj para organizar eleições na Líbia antes do fim do ano no marco coletivo definido em Paris [no final de maio passado] e que a ONU registrou no início de junho”, completou a mesma fonte.

(AFP)

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.