Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Aleteia

7 maneiras de os pais ajudarem suas esposas quando o bebê chegar

FATHER KISSING NEWBORN
Compartilhar

Ótimas dicas para ajudar sua família a receber um novo bebê

Quando um recém-nascido chega em casa, a rotina geral muda, especialmente nos primeiros dias, até que todos encontrem sua base. Ambos os pais têm um novo conjunto de prioridades e precisam se adaptar a um novo ritmo, muitas vezes determinado pelo mais novo membro da família.

Em muitos casos, é a nova mãe que cuida principalmente do bebê, especialmente se estiver amamentando; mas tanto a mãe como o pai têm um papel fundamental a desempenhar nesta nova vida. De fato, o pai pode ajudar e apoiar sua esposa de várias maneiras. Ele pode ser um importante pilar de sustentação, contribuindo para o bom funcionamento da casa durante os primeiros meses.

Aqui estão algumas maneiras como um marido pode ser um grande parceiro para sua esposa naqueles primeiros dias…

Assuma o controle

Uma das primeiras coisas que irá aliviar imensamente qualquer nova mãe é o pai assumir o cuidado do bebê alguns momentos: antes e depois do trabalho, e durante todo o final de semana sempre que possível. Mesmo 20 minutos podem ser de grande ajuda. Você pode dar uma mamadeira, trocar uma fralda, ficar de olho no recém-nascido enquanto ele dorme ou dar uma volta no quarteirão. Há tantas pequenas coisas que podem ser feitas neste período, deixando à mãe alguma liberdade para fazer outra coisa, cuidar de si mesma, tomar um banho ou até mesmo comer em paz. E esses momentos preciosos serão a oportunidade perfeita para se relacionar com o bebê.

Faça algumas tarefas domésticas

Depois de um parto, e especialmente se ela teve uma cesariana ou uma experiência difícil de parto, uma nova mãe precisa de descanso e recuperação. Cuidar do bebê consome uma enorme quantidade de energia, e o corpo da mãe precisa de tempo para se curar e se ajustar.

Faça todas as tarefas domésticas que ela normalmente assume. Talvez preparar o almoço para o dia seguinte, lavar louça, colocar a roupa para lavar – arrumar a casa. Qualquer ajuda extra será muito apreciada.

Cuide das outras crianças

Talvez você pudesse conciliar suas horas de trabalho para tentar deixar e/ou buscar as crianças na escola e/ou outras atividades. Uma das coisas mais difíceis para qualquer nova mãe é se preparar, ou seja, preparar o recém-nascido (que pode precisar se alimentar ao mesmo tempo), enquanto leva as crianças mais velhas para fora de casa por um certo tempo. Se o pai puder arrumar os lanches e ajudar com o dever de casa, isso é outra grande vantagem, especialmente nos primeiros dias, permitindo que a mãe se concentre no bebê. Na verdade, mamãe e bebê precisam de muito tempo juntos durante as primeiras semanas, para entender as necessidades e a personalidade do bebê. Conforme o tempo passa, isso fica mais fácil, e a mãe pode dedicar mais tempo aos filhos mais velhos, enquanto o pai pode cuidar do bebê.

Cuide de sua esposa

Com todo o zumbido e atividade em torno do recém-nascido, muitas vezes é fácil se esquecer de si mesmo e do cônjuge. No entanto, a essência de um relacionamento, especialmente da vida conjugal, é cuidar um do outro. Este período é provavelmente um momento em que a nova mãe está se concentrando tanto no bebê que ela se esquece de pensar em si mesma. Por isso, é altamente apreciado se seu cônjuge prestar atenção específica a ela.

Uma palavra gentil, um momento relaxante juntos, um jantar romântico, preparar um banho quente para ela, comprar um livro ou um filme que você sabe que ela está querendo há um tempo… Há tantas pequenas coisas que podem aquecer seu coração. No entanto, coisas simples, como escutá-la atentamente, também são igualmente importantes. Na verdade, uma nova mãe, seja ela o primeiro filho ou não, sempre tem muitas dúvidas e medos, devido à fadiga e a várias preocupações. Então, ela terá muito conforto em poder conversar sobre seus sentimentos, enquanto, ao mesmo tempo, escuta o novo pai.

Ajude sua esposa a se sentir bem

Depois de ver o corpo dela mudar durante nove meses, muitas vezes é difícil para uma nova mãe se adaptar ao seu novo corpo pós-bebê. Aproveite a oportunidade para lembrá-la do quão bonita ela está, ou o quanto você a ama quando ela usa um determinado vestido ou quando ela usa o cabelo em um estilo particular. É uma ótima maneira de lhe dar um impulso quando ela pode estar se sentindo um pouco deprimida, ainda incapaz de reconhecer este novo corpo que passou por mudanças substanciais. Ela deu à luz a uma vida, mas, como resultado, isso mudou seu corpo. Ela é agora uma mãe, cuidando do seu bebê. Ajudá-la a continuar se sentindo uma mulher encantadora é importante para seu bem-estar físico e psicológico, no qual você, como marido, pode desempenhar um papel fundamental.

Fique interessado e bem informado

Muitos pais novos querem ajudar sua esposa, mas acabam se sentindo um pouco perdidos, sem saber o que fazer ou dizer, muitas vezes achando que acabarão errando. É por essa razão que é importante que o pai também se informe sobre a ajuda diferente disponível; participar, se possível, nos cursos pré-natais oferecidos nos hospitais; aprender, com o cônjuge, como cuidar do bebê na maternidade, sempre que possível. Mas talvez o mais importante, mesmo que não seja óbvio, é simplesmente dar um mergulho!

No começo, um novo pai pode ser intimidado pelo pequeno tamanho de seu bebê e, portanto, se preocupar em cuidar dele. É importante não hesitar, tentar juntar-se à mãe e, com o tempo, sua confiança aumentará e seus medos se acalmarão. Uma vez que você se acostumou ao seu papel de pai, você se sentirá mais à vontade e mais capaz de apoiar sua esposa.

Tire algum tempo

Embora a licença paternidade paga seja uma raridade, tente economizar tempo de férias quando o bebê nascer. Se você é capaz de economizar algum dinheiro antes do nascimento – nós sabemos que não é nada fácil com todos os custos que um bebê traz – você pode tentar tirar algumas semanas de licença paternidade não remunerada. Caso contrário, tente voltar para casa do trabalho um pouco mais cedo nas primeiras semanas e dedique seus fins de semana à sua esposa e ao bebê. Amigos e familiares podem ficar em segundo plano para que sua nova família se ajuste e se una. Agora sente-se e aproveite seu novo papel de super pai e marido!

Nota para mamães ou novas mamães: sintam-se livres para compartilhar este artigo com seu marido, ou apenas casualmente deixá-lo aberto em sua tela para ele ver. E lembre-se, acima de tudo, se você acha que as coisas estão ficando difíceis, peça ajuda ao seu marido. Às vezes, nem sempre vemos as necessidades das pessoas mais próximas de nós.