Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 23 Abril |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Como criar crianças resilientes

CHILD

Philippe Put | Flickr CC by ND 2.0

Javier Fiz Pérez - publicado em 21/06/18

Não podemos protegê-las de todos os problemas, mas podemos ajudá-las a se tornarem estáveis e seguras

Resiliência é a nossa capacidade de enfrentar e superar dificuldades, problemas e adversidades. Uma criança que passou por uma experiência traumática pode sair mais forte se souber enfrentar a adversidade de maneira positiva e aprender novas lições para a vida.

A resiliência pode ser aprendida

Quando as crianças desenvolvem resiliência – a capacidade de lidar com a adversidade, o trauma, a tragédia, as ameaças ou até mesmo as principais fontes de estresse –, elas são mais capazes de lidar com o estresse e os sentimentos de ansiedade e incerteza.

Ajudar as crianças a se tornarem resilientes não significa poupá-las de dificuldades ou angústias. Dor emocional e tristeza são respostas normais para um trauma significativo ou uma perda pessoal, ou mesmo para aprender sobre a perda ou trauma de outra pessoa. A resiliência não significa não ter sentimentos negativos, mas sim aprender a lidar com esses sentimentos sem se deixar dominar por eles.

Algumas etapas para desenvolver a resiliência em crianças

  1. Certifique-se de que seus filhos tenham bons amigos. Ensine e incentive seus filhos a fazer amigos e manter amizades ativas. Ao mesmo tempo, desenvolva uma forte rede familiar para que eles se sintam protegidos e aceitos. Os relacionamentos pessoais fortalecem a resiliência e fornecem apoio social essencial.
  2. Ensine as crianças a ajudar os outros. Ajude seu filho a crescer ajudando os outros. Ajudar faz as crianças aprenderem que eles são capazes, importantes e valorizadas. Fazer trabalho voluntário apropriado para a idade e pequenas tarefas em casa pode ser uma boa maneira de começar.
  3. Mantenha uma rotina diária. Ajude seu filho a definir e seguir uma rotina diária. Ter um horário regular é uma sensação reconfortante para as crianças, especialmente os menores. Elas precisam saber que estão fazendo o dever de casa e as tarefas.
  4. Incentive seus filhos a estabelecer metas e alcançar resultados. Datas importantes, como o começo do ano ou o aniversário, são boas oportunidades para ensinar as crianças a estabelecer objetivos pessoais que possam alcançar de forma realista. Alcançar esses objetivos ensinará a elas que superar desafios faz com que se sintam fortes.
  5. Diminua a ansiedade e a preocupação. Rotinas e objetivos são bons, mas ser obcecado por eles não. Ensine seus filhos a perseguir metas, mas também a descansar e fazer coisas diferentes. As crianças precisam estudar, mas também precisam brincar e se divertir. O equilíbrio é essencial para a resiliência.

Esses passos darão às crianças uma visão positiva que as ensinará a manter a calma e ver o que há de bom mesmo em situações negativas. A vida é composta de mudanças e circunstâncias que nem sempre serão confortáveis ​​e positivas, mas, se tiverem resiliência, estarão bem equipadas para administrar tempos difíceis com mais segurança.

Tags:
FilhosPaternidade
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia