Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Aleteia

Devoção e consagração a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

MODLITWA
Shutterstock
Compartilhar

Ela é o socorro seguro e certo dos que a invocam com amor de filho

A devoção a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro começou a ser propagada a partir de 1870 e espalhou-se por todo o mundo. Trata-se de uma pintura do século XIII, de estilo bizantino. Segundo a tradição, foi trazida de Creta, Grécia, por um negociante. E, desde 1499, foi honrada na Igreja de São Mateus in Merulana.

OUR LADY
PD
Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, ícone bizantino.

Em 1812, o velho Santuário foi demolido. O quadro foi colocado, então, num oratório dos padres agostinianos. Em 1866, os redentoristas obtiveram de Pio IX o quadro da imagem milagrosa. Nossa Senhora do Perpétuo Socorro foi colocada na Igreja de Santo Afonso, em Roma. De semblante grave e melancólico, Nossa Senhora traz no braço esquerdo o Menino Jesus, ao qual o Arcanjo Gabriel apresenta quatro cravos e uma cruz. Ela é a senhora da morte e a rainha da vida, o socorro seguro e certo dos que a invocam com amor filial.

Consagração a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Ó Mãe do Perpétuo Socorro,
diante de Vosso Bondoso olhar,
me coloco humildemente,
recorrendo como filho
à Vossa Maternal bondade.

Vós sois meu refúgio, esperança
e proteção.

Atendei, Ó Rainha, ao desejo que tenho
de possuir o Amor Eterno,
a graça de Deus Pai,
a Salvação para minha alma
e para vida daqueles por quem suplico.

Dai-me sempre a graça de seguir Jesus
na família dos filhos
do Divino Pai Eterno,
nas virtudes e na santidade de vida.

Recebei, Ó Rainha Santíssima,
minhas preces e necessidades,
elevando o meu coração ao Vosso Filho,
meu Senhor e Redentor.

Consagro a Vós meus olhos para que
sejam a lâmpada de minha alma,
meus ouvidos para que estejam sempre
atentos aos apelos do Evangelho,
minha boca para que sempre proclame
que sois a luz do meu viver.

Consagro a Vós, ó Mãe Incomparável,
minha alegria e minha dor,
minha mente e meu coração,
minha vida e minha morte
no desejo da eternidade sem fim.

Consagro todo meu ser a vós,
Ó Mãe do Perpétuo Socorro,
carregando a minha cruz
e renunciando a todo mal.

Amém!

 

Fonte: paieterno.com.br