Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Rezo, rezo, rezo e não alcanço a graça. Perco meu tempo?

MAN,PRAYING,CATHOLIC,MASS
Compartilhar

Se você já se fez esta pergunta, precisa ler isso

Santa Mônica, mãe de Santo Agostinho, perdeu acaso seu tempo, quando durante DEZESSEIS ANOS de orações e lágrimas, pedia a Deus o que finalmente obteve: a conversão do seu filho?

São Francisco de Sales perdeu por acaso o seu tempo quando trabalhou por VINTE E DOIS ANOS para adquirir a brandura?

A perseverança é uma das principais qualidades da oração. Não deixemos jamais de rezar.
Deus faz-se muitas vezes surdo para nos incitar a bradar mais alto e com mais frequência. Parece esconder-se para que tenhamos pesar da sua ausência, e melhor apreciemos a doçura da sua presença.

Recordemo-nos da promessa feita pelo divino Mestre: “PROCURAI E ACHAREIS”.

Nós acharemos, estamos bem certos de achar. Mas não estamos certos de achar imediatamente.

Santa Mônica, a mulher de fé e perseverança, só achou ao cabo de dezesseis anos, e foi a sua firma constância que a santificou.

A Cananeia do Evangelho não obteve a vida de seu filho senão depois de haver pedido três vezes, e esta dilatação, tão cruel para o coração de qualquer mãe, foi a provação e o triunfo de sua fé…

Não enfastiemos, pois. O momento em que muitas vezes desanimamos é talvez aquele em que Deus vem por nós!

 
Livro: Perguntas e respostas às objeções mais vulgadores contra a religião
Mons. Louis Gaston Adrien de Ségur. 
EDIÇÃO – MINHA BIBLIOTECA CATÓLICA