Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Governo americano suspende parte central da política de tolerância zero com os migrantes

BORDER
Compartilhar

Os agentes da fronteira continuarão enviando à justiça os adultos solteiros que passam pela fronteira de modo ilegal

O diretor da Agência de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos informou que os pais que atravessarem a fronteira a partir do México ilegalmente não serão mais processados, uma suspensão efetiva de uma parte central da política de “tolerância zero” com os migrantes.

Kevin McAleenan fez o anúncio na segunda-feira a jornalistas no Texas, mas outras autoridades americanas insistiram que a política segue em vigor.

McAleenan indicou que os pais deixaram de ser processados pouco depois da assinatura pelo presidente Donald Trump, na semana passada, de uma ordem executiva que encerrou a a política de separar as famílias que entram ilegalmente no país.

O diretor da “U.S. Customs and Border Protection” afirmou que o motivo para suspensão dos processos foi a ordem de Trump e que a agência não tem espaço de detenção suficiente para todas as famílias que atravessam a fronteira.

“Não estamos processando estes pais”, disse, de acordo com o site Politico.

Segundo o jornal New York Times, McAleenan afirmou que a agência e o Departamento de Justiça devem estabelecer uma política “na qual os adultos que trazem os filhos, que violam nossas leis e arriscam suas vidas na fronteira, possam ser processados sem a separação de seus filhos”.

Os agentes da fronteira continuarão enviando à justiça os adultos solteiros que passam pela fronteira de modo ilegal. Também devem separar as crianças dos adultos se o menor de idade está em perigo ou se o adulto tem antecedentes criminais, indicou McAleenan.

A porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, insistiu que a política de tolerância zero permanece em vigor, ao menos oficialmente.

(AFP)