Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Aleteia

A árvore dos desejos

RAINBOW FIELD
Compartilhe este artigo para ter a chance de ganhar uma peregrinação a Roma
Compartilhar
Compartilhei
Compartilhamentos

Esta parábola nos mostra como podemos sabotar nossas vidas - ou não 😉

Era uma vez…

Um homem caminhou pela floresta pensando em suas preocupações, pensando em seus muitos problemas. Exausto, ele parou para descansar na sombra de uma árvore, mas era uma árvore mágica que instantaneamente concedeu todos os desejos de qualquer um que o tocasse.

O homem estava com sede, então ele pensou que gostaria de ter água fresca. Instantaneamente, um copo de água fria apareceu em sua mão. Surpreso, ele olhou para a água e bebeu. Quando ele saciou sua sede, percebeu que estava com fome e desejou ter algo para comer. Um prato de comida apareceu diante dele.

“Meus desejos se realizam”, pensou o homem, incrédulo.

“Se realmente é assim, eu quero ter uma bela casa”, disse ele em voz alta.

A casa apareceu no prado que se estendia à sua frente. Um grande sorriso cruzou seu rosto enquanto ele desejava que os servos se encarregassem daquela maravilhosa casa. Quando eles apareceram, ele percebeu que de alguma forma tinha sido abençoado com poder incrível e desejou ter uma mulher bonita, amorosa e inteligente com quem compartilhar sua boa sorte.

Quando a mulher apareceu diante de seus olhos, o homem disse: “Espere um minuto, isso é ridículo. Eu nunca fui tão sortudo na vida. Isso não pode acontecer comigo “.

Ele não terminou de dizer essas palavras quando tudo desapareceu.

Resignado, o homem disse para si mesmo: “Eu sabia, algo tão maravilhoso não poderia acontecer comigo”. E ele foi embora, aborrecido, pensando em seus muitos problemas.

Para muitas pessoas, como o homem da história, coisas maravilhosas acontecem com ele, que depois desaparecem como que por mágica, simplesmente porque pensam que não as merecem.

Essa parábola nos convida a refletir sobre o que esperamos da vida e o que acreditamos que podemos alcançar.

E você, vai passar o resto da vida se lamentando ou aproveitando as oportunidades que tem? Talvez estas não sejam grandiosas como na parábola, mas certamente estão aí, ao seu redor: a presença de pessoas do bem, a oportunidade de cuidar da sua saúde, sua família, seu trabalho…

Que tal olhar para tudo de bom que a vida tem a lhe oferecer e aproveitar cada dia como uma oportunidade de ser feliz e fazer os outros felizes?

(Texto adaptado de Resiliência Mag)

Selecione como você gostaria de compartilhar.

Compartilhar
* O crédito para artigos compartilhados será fornecido somente quando o destinatário do seu artigo compartilhado clicar no URL de referência exclusivo.
Clique aqui para mais informações sobre o Sorteio da Aleteia de uma Peregrinação a Roma

Para participar do Sorteio, você precisa aceitar os Termos a seguir


Ler os Termos e Condições