Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Com Deus você pode enfrentar qualquer coisa

WOMAN LOOKING
Shutterstock
Compartilhar

No momento certo tudo muda, seja qual for a forma que Ele preferir para que isso aconteça. Confie!

Você me diz que talvez não irá suportar, mas eu digo a você para não permitir que essa dor o domine, não permitir que a sua fé em algo maior e melhor cesse. Sei que é difícil, que exige muita força e coragem, mas com Deus você pode enfrentar tudo.

Às vezes, não entendemos muitas das coisas que nos acontecem, mas é preciso ter fé porque, se confiamos que Deus está no controle de tudo, nos tornamos mais fortes. Não é sobre sermos capazes sozinhos, mas de termos a Ele, porque dependemos disso.

Você deve cuidar do seu coração. Muitos nos dizem para o ouvirmos e seguirmos o que ele nos diz, mas se possível, aceite o meu conselho, não siga o seu coração, porque ele é falho e pode causar muitos problemas. Faça melhor, entregue-o a Deus e veja Ele o guiar.

Às vezes, falhamos em seguir a nossa própria vontade. Ignoramos a voz de Deus e quando nos damos conta, tudo está diferente. A esperança e fé se enfraquecem, a paz e alegria não acalentam a nossa alma como antes. Mas, ainda que falhemos, nosso coração arrependido retorna para casa, retorna para os cuidados do seu Senhor.

Então, no momento certo, tudo muda, seja qual for a forma que Ele preferir para que isso aconteça. Deus tem planos preciosos para mim e para você. Em 1 Coríntios 1,9 lemos: “Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam”.

(via Prosa e Poesia)