Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Aleteia

Presidente das Filipinas: “quem é este Deus estúpido?”

© NOEL CELIS / AFP
Compartilhe este artigo para ter a chance de ganhar uma peregrinação a Roma
Compartilhar
Compartilhei
Total de Pontos

As últimas declarações de Rodrigo Duterte contra a Igreja Católica irritaram até os aliados do presidente

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, voltou a receber duras críticas por seus comentários contra a Igreja Católica. Em um discurso no dia 22 de junho de 2018, ele questionou a História da Criação e a doutrina do pecado original da Bíblia. Em tom de revolta e desconfiança, o presidente perguntou: “quem é este Deus estúpido?”.

A declaração foi criticada pelos líderes católicos e até os próprios aliados do presidente. É o que informa o site CBS News.

O bispo das Filipinas, Arturo Bastes, chamou Duterte de “louco” e afirmou: “a injúria de Duterte contra Deus e a Bíblia revela, mais uma vez, que ele é um psicopata, uma mente anormal que não deveria ter sido eleita como presidente de nossa nação civilizada e cristã”.

O senador Panfilo Lacson, ex-chefe da polícia das Filipinas e defensor das políticas de Duterte, também criticou o presidente, acrescentando: “Que Deus o perdoe e faça com que ele repare todos os seus pecados”.

No discurso televisado, o presidente ainda proferiu palavras de baixo calão ao se referir a Deus. “Este filho da p… é realmente estúpido”, disse ele.

Duterte também questionou a doutrina cristã sobre o pecado original. “Você não se envolveu em nada, mas agora está manchado com um pecado original (…). Que religião é esta? Isso é o que eu não posso aceitar, uma proposição muito estúpida”, expressou o político.

Duterte mantém uma tensa relação com a Igreja, cujos líderes criticaram os assassinatos que o presidente autorizou em sua guerra contra as drogas. Nos últimos seis meses, três padres católicos foram mortos nas Filipinas. Em resposta às acusações dos meios de comunicação de que os comentários anticlericais do presidente poderiam ter motivado a violência contra os religiosos, Duterte disparou: “Se você é padre e tem uma aventura com a esposa de um soldado ou de um prefeito, você morrerá de verdade. Os sacerdotes não são melhores que eu. Alguns padres têm duas esposas”. As declarações foram publicadas pelo site ABS-CBN News.

As Filipinas são o maior país católico do continente asiático.

 

Selecione como você gostaria de compartilhar.

Compartilhar
* O crédito para artigos compartilhados será fornecido somente quando o destinatário do seu artigo compartilhado clicar no URL de referência exclusivo.
Clique aqui para mais informações sobre o Sorteio da Aleteia de uma Peregrinação a Roma

Para participar do Sorteio, você precisa aceitar os Termos a seguir


Ler os Termos e Condições