Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Newsletter Aleteia: uma seleção de conteúdos para uma vida plena e com valor. Cadastre-se e receba nosso boletim direto em seu email.
Registrar

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Os dons do Espírito Santo

HOLY SPIRIT
Compartilhar

Desde o Batismo, o Espírito habita e gera em nós os dons de santificação

Para este artigo copio as páginas 44-45 do livro Os sete sacramentos à luz do Catecismo da Igreja Católica e do Código de Direito Canônico (Cléofas), 2004, do Prof. Felipe Aquino, pois ajuda a melhor entender os ricos efeitos do Batismo e da Crisma em nós pelos sete dons do Espírito Santo.

Somente pela ação do Espírito Santo em nós é que podemos conquistar a santidade. “O Espírito de Jesus habita em nós para fazer-nos imagens de Jesus” (Rm 8,29). “Não sabeis que sois o templo de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós? Porque o templo de Deus, que sois vós, é santo” (1Cor 3,16). “Ou não sabeis que o vosso corpo é templo do Espírito Santo, que habita em vós, o qual vos foi dado por Deus? (1 Cor 6,19).

Desde o Batismo, o Espírito habita e gera em nós os dons de santificação: Sabedoria, Ciência, Entendimento, Conselho, Fortaleza, Piedade e Temor de Deus.

Sabedoria – o Espírito nos capacita a conhecer a Deus na intimidade e também nos leva a conhecer e querer viver conforme a Sua vontade.

Entendimento ou Inteligência – nos leva a ver as pessoas e o mundo com os olhos de Deus. Somos levados a penetrar os mistérios de Deus e o seu conhecimento. Ainda menino no Mosteiro de Monte Cassino, São Tomás de Aquino já surpreendia os monges com essa pergunta: “Quem é Deus”?

Ciência – nos leva a compreender e a aceitar os planos de Deus revelados na Sagrada Escritura. Por esse dom muitos santos, embora quase analfabetos, tinham a ciência infusa das coisas de Deus.

Conselho – nos faz sábios diante da vida e nos impulsiona a procurar a Deus e a levar os outros a Deus, conhecendo e seguindo a sua vontade.

Fortaleza – nos prepara para lutar contra as tentações e o pecado. Nos faz corajosos na defesa da fé, da “sã doutrina” (1Tm 1,10) da Igreja, e nos ajuda a vencer as zombarias e o respeito humano. Nos dá força e paciência para carregar a cruz de cada dia.

Piedade – produz em nós o amor a Deus, afastando-nos de toda forma de idolatria (prazeres, amor ao dinheiro, status, fama, vanglória, poder, superstições, ocultismo etc.). Nos faz viver como verdadeiros filhos de Deus, que ama o Pai com toda a sua vida. Nos leva e capacita à oração permanente e humilde que tudo alcança. Faz-nos curvar a cabeça e o coração diante das coisas sagradas. Move-nos a adorar a Deus e venerar os seus santos e anjos, e de modo especial Nossa Senhora, Mãe de Deus.

Temor de Deus – é o receio de ofender a Deus por ser Ele tão bom e Santo. Não é medo de ofendê-lo e ser castigado, e, sim, receio de decepcioná-Lo com o nosso pecado. Nada podemos sem o Espírito Santo: “Eu vos mandarei o Prometido de meu Pai, entretanto, permanecei na cidade [Jerusalém] até que sejais revestidos da força do alto” (Lc 24,29).

Deus anseia dar a cada um de nós o Seu Espírito, “sem medidas” (Jo 3,34). “Se vós que sois maus sabeis dar coisas boas aos vossos filhos, quanto mais o vosso Pai celeste dará o Espírito Santo aos que lhe pedirem” (Lc 11,13). “Vinde Espírito Santo, enchei os corações do vossos fiéis e acendei neles o fogo do Vosso amor. Enviai, Senhor, o Vosso Santo Espírito e tudo será criado e renovareis a face da terra…”. Até aqui falou o Prof. Felipe Aquino.

Aproveito a oportunidade para convidar a cada irmão(ã) na fé católica (ou que pensa em abraçá-la) para que procure a sua paróquia e se informe de como proceder para se batizar ou batizar sua criança. A você adolescente, jovem ou adulto, peço que solicite informações, em sua paróquia quanto ao sacramento da Crisma. Não desperdice a oportunidade de receber os dons que Deus quer lhe dar.