Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Aleteia

4 maneiras de reconhecer uma amizade tóxica

YOUNG,WOMAN,ARGUMENT
Shutterstock
Compartilhar

Se eles sempre levam mais do que dão, cuidado!

Todos nós conhecemos pessoas “tóxicas”: pode ser um chefe, um membro da família, um amigo ou até mesmo você. São pessoas que, em vez de nos tornar mais fortes, consomem nossa energia e parecem ter o objetivo de nos colocar no caminho da negatividade. Geralmente podemos encontrar inspiração em nosso ambiente, mas quando essas pessoas aparecem, elas bloqueiam nossa criatividade e desequilibram nosso bem-estar.

Nossa saúde física e emocional depende da qualidade das pessoas com quem passamos nosso tempo e de sua influência em nossas vidas. Consequentemente, mesmo influências negativas menores que podem parecer relativamente inócuas podem acabar sendo um fardo desnecessário.

Quatro sintomas que indicam um relacionamento tóxico

  1. Os problemas deles são mais importantes que os seus

Uma das vantagens de ter amigos é que você pode contar com eles como “terapeutas” quando as coisas não estão indo bem. Mas, o problema com os amigos tóxicos é que eles subestimam suas dificuldades ou tempos difíceis porque acham que os deles são mais importantes que os seus. Eles podem passar horas falando sobre si mesmos, mas no momento em que você lhes oferece ajuda ou possíveis soluções, eles sempre encontram uma razão para isso não funcionar, ou dizem que você não os entende.

  1. Eles falam mais do que ouvem

Isso está relacionado ao primeiro sintoma; isso significa que eles não apenas subestimam seus problemas – eles também subestimam suas opiniões. Uma amizade deve ser uma via de mão dupla, e ambas as partes devem poder compartilhar seus pensamentos. Se seu amigo não te ouvir, há uma grande probabilidade de que seja uma amizade prejudicial. Isso mostra que você está lidando com uma pessoa que quer receber de você constantemente, sem tentar retribuir.

  1. Eles criticam você constantemente, sem empatia

Somos todos humanos e imperfeitos, mas não precisamos mencionar isso a cada cinco minutos. Quando críticas e comentários dolorosos são um assunto diário, é o momento de manter um pouco de distância. Degradar você, gritar com você ou fazer você se sentir inferior pode ser um mecanismo que pessoas tóxicas usam para elevar o status delas. Essas pessoas nunca se colocam no seu lugar para tentar entender como é a sua vida.

  1. Você para de contar coisas a eles para evitar incomodá-los

Sempre que você estiver ao redor deles, você pesa suas palavras ou deixa certas coisas de modo a mantê-los felizes. Eles tendem a ser explosivos ou possessivos quando você lhes conta anedotas sobre coisas que você fez com outros amigos, ou quando menciona que fez novas amizades. Se você tem que esconder algo tão básico como ter saído com outro(a) amigo(a)… isso é tóxico.

A principal razão pela qual devemos manter um pouco de distância de pessoas assim é porque isso não nos ajuda a sermos melhores quando estamos com elas. A vida é curta demais para passarmos tempo com pessoas que são prejudiciais para nós. Quando se trata de amizades, o que importa é qualidade, não quantidade. Coloque limites e comece a dizer “não”. Se você disser a um amigo tóxico que está desconfortável, e ele ou ela não mudar de atitude, é hora de se distanciar. Encontre pessoas que o inspirem a ser a melhor versão de si mesmo e faça o mesmo com as pessoas ao seu redor.