Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Aleteia

O dia em que a estátua de São Paulo “mandou um recado” aos romanos

SAINT PAUL
M. Paola Daud-ALETEIA
Compartilhar

Entenda o motivo pelo qual a imagem "saiu em defesa" do seu escultor

Na entrada da Basílica de São Pedro, no Vaticano, encontram-se duas grandes estátuas: uma de São Pedro e outra de São Paulo.

Mas como nós as diferenciamos?

São Pedro vem sempre representado com as chaves da Igreja (uma evidência de seu poder espiritual) e São Paulo sempre está com a espada, demonstrando, com um gesto pacífico, a guarda do poder da Igreja.

E é da espada que carrega o “apóstolo dos gentios” que nasce esta curiosa história. A imagem de que falamos é uma obra do escultor Tadolini, discípulo de Canova. O artista não representou o apóstolo de maneira tradicional: a espada que ele empunha está voltada para cima, em clara contradição à mansidão do santo evidenciada após sua conversão (depois, o escultor Giuseppe Obici adotaria o mesmo padrão na imagem feita para a nova basílica destinada a São Paulo em Ostiense).

O fato não passou despercebido ao espírito sempre aguçado dos romanos, que, em desacordo com a escolha desta posição estranha da espada, levantaram uma onda de difamações contra o escultor.
Assim, em determinada noite, um poeta anônimo saiu em defesa de Tadolini. Aproveitando que a imagem do santo estava na posição de ler um decreto, ele pendurou no pergaminho que São Paulo segurava na mão direita um pedaço de papel com os seguintes dizeres: “Se um dia levantei minha espada contra Cristo / logo a abaixei depois de tê-lo visto / E é bom que saiba, ó mundo triste, / que agora a elevei por amor a Cristo”.

Na galeria de fotos abaixo, você pode conferir várias esculturas de São Paulo e as diferenças entre as que foram feitas por Tadolini e Obici. Clique em “Abrir a galeria de fotos”.