Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Aleteia

Como tias (e tios) mudam a vida das crianças para melhor

AUNT,CHILD,CAR
Shutterstock
Compartilhar

Não subestime esses relacionamentos – eles são extremamente influentes

Depois de viverem longe da família durante a maior parte de suas vidas, meus filhos estão descobrindo o tesouro que sua tia é – e eu também.

Depois de crescer longe de todas as suas tias e tios, meus filhos têm desfrutado de todo o tempo de tia, tio e primos que eles têm agora que vivemos em estreita proximidade com a família. E enquanto vemos todos em reuniões de família e feriados – a maioria de suas tias e tios está ocupada com suas próprias famílias durante a semana –, o tempo que meus filhos passam com minha irmã durante a semana se torna ainda mais especial.

Minha irmã é a única tia do meu lado da família, e ela mergulhou de cabeça no clube “tia do ano” no dia em que nos mudamos. Desde levar as crianças à ginastica até praticar softball no jardim da frente, ela está sempre pronta para abandonar o que está fazendo e ajudar suas sobrinhas e sobrinhos. Mas não é só o que ela faz, é o jeito que ela faz que faz dela uma tia tão especial – que eu me lembrei quando li este post em You are Mom:

“As tias são confidentes maravilhosas. Quando as crianças são mais velhas, elas, às vezes, têm medo de falar sobre certas coisas com seus pais. Elas frequentemente se voltam para uma tia, e a tia sempre terá bons conselhos para oferecer.

As tias são como psicólogas. Elas sempre sabem quando suas sobrinhas e sobrinhos estão tristes, irritados e não estão se sentindo bem. Uma tia escuta e oferece um ombro para chorar até se sentirem melhor”.

É tão verdade. Eu pensei que estava bem afinada com meus filhos, mas minha irmã pega coisas que nem estavam no meu radar. Ela vem me dizer quando alguém está se sentindo magoado, ou confuso, ou com raiva, e isso muitas vezes me surpreende completamente. Ela é compreensiva, capaz de captar sinais emocionais que eu não percebi, e ela é capaz de falar com meus filhos de uma maneira diferente. Eles se abrem de maneira diferente com ela, e ela é capaz de lhes dar orientação e conselhos que eu nunca pensaria.

Ela também é maravilhosa nas pequenas coisas especiais que eu sempre quero fazer para meus filhos, mas nunca tenho tempo para fazer – como colocar notas encorajadoras em suas lancheiras, ou tirar 20 minutos para um confronto de futebol antes do jantar. Ela se tornou um sistema de apoio inestimável para todos nós – meus filhos sabem que têm outro adulto com quem podem contar para todas as pequenas coisas que seus pais sentem no caos da vida cotidiana, e sei que posso contar com ela para lhes dar um pouco de diversão extra e muita sabedoria.

Sou muito grata por meus filhos terem uma tia como ela por perto, mas gostaria de ter feito mais para cultivar os relacionamentos de meus filhos com as tias e os tios antes de voltarmos para minha cidade de origem. Se você tem uma irmã ou irmão que não tem um relacionamento próximo com seus filhos, eu apenas posso encorajá-lo para começar a ajudar essas relações a crescer. Você ficará surpreso com a diferença que fará na vida de todos, incluindo a sua!

Para você, tia e tio, não tenha medo de encontrar maneiras de se conectar com seus sobrinhos e sobrinhas. Pode ser tão simples quanto levá-los para tomar sorvete e perguntar como foi seu dia, ou surpreendê-los com uma ligação pelo computador se você estiver longe. As crianças adoram atenção pessoal, e seu tempo significará o mundo para elas. Elas podem até contar a você sobre algo que está incomodando, algo que elas não foram capazes de dizer à mamãe e ao papai. Seus sobrinhos e sobrinhas precisam de você em suas vidas – e você pode não saber ainda, mas também precisa deles em sua vida.