Aleteia

Padre encontra 36 mil euros em confessionário

MONEY
TATJANA SPLICHAL | DRUŽINA
Compartilhar

O dinheiro seria uma doação ou teria origem ilícita?

Segundo informou o jornal espanhol ‘La Vanguardia’, Pe. Giovanni Martire Savina, de 69 anos, encontrou duas bolsas que continham, no total, 36 mil euros (cerca de 162 mil reais) em sua paróquia, a Santa Marie dele Gracia alle Fornaci, em Roma. Ainda de acordo com o jornal, o sacerdote chamou a polícia imediatamente para entregar a grande soma de dinheiro.

“Muitas vezes, as pessoas deixam comida ou também encontramos bolsas com doações para os pobres. Mas, jamais tínhamos visto algo assim”, relatou o sacerdote, cuja paróquia está a cerca de cinco minutos do Vaticano.

Sobre a pessoa que poderia ter deixado o dinheiro, o sacerdote disse que “pode ser que tenha sido alguém que quis fazer uma doação para a paróquia. Mas é verdade que não deixaram nenhum bilhete”.

Por sua parte, o oficial de polícia Salvatore Friano disse ao jornal italiano ‘Il Messagero’: “Até o momento, não excluímos nenhuma teoria. Estamos tentando decifrar se isso era uma doação para a Igreja ou alguém que simplesmente queria se desfazer do dinheiro sujo. Talvez fosse uma maneira de ficar em paz, tanto com a lei como com a consciência. Não podemos excluir o fato de que este dinheiro tenha sido obtido ilegalmente, talvez um roubo recente”.

O sacerdote, que pertence à ordem dos irmãos trinitários, destacou que será feliz se o proprietário do dinheiro o recuperar ou se a polícia resolver que pertence à paróquia. Se for assim, pensa em usá-lo para a caridade.

 

Boletim
Receba Aleteia todo dia