Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Por favor, ajude-nos a manter este importante serviço. APOIE AGORA
Aleteia

TODOS SALVOS! Nós pedimos, nós recebemos: agora queremos agradecer!

agradecimento tailândia
CC
Compartilhar

Meninos da Tailândia já estão todos fora da caverna, em operação de sucesso que fez o mundo inteiro rezar, torcer e chorar

O resgate que manteve o mundo de coração na mão durante mais de duas semanas acaba de terminar: os 12 meninos e seu treinador de futebol, presos desde o final de junho em uma caverna da Tailândia, estão de volta!

A operação de retirada culminou agora há pouco, segundo informações extra-oficiais, com o sucesso do resgate do último deles, o bravo treinador que foi crucial para manter a todos vivos e esperançosos!

Todos eles recebem agora os cuidados de saúde de que precisam com urgência após todo esse tempo em uma situação-limite.

Ao longo desses dias repletos de ansiedade e esperança entrelaçadas, suplicamos por cada um deles a Deus por intercessão especial de Nossa Senhora, que viu o próprio Filho ser depositado na caverna do sepulcro e de lá ressuscitar glorioso.

Neste momento, agradecemos a Deus e a Nossa Senhora com esta prece filial à Virgem de Guadalupe: a padroeira das Américas representa uma especial manifestação da maternidade de Maria, porque, diante do temor do filho, ela o acalmou perguntando: “Não estou eu aqui, que sou tua Mãe?”

Está! E nós agradecemos de todo o coração!

Oração de agradecimento a Nossa Senhora de Guadalupe

Virgem Maria de Guadalupe,
Mãe do verdadeiro Deus, por quem se vive!

Em São João Diego, o menor dos teus filhos,
Tu dizes aos povos da América Latina e do mundo todo:
“Não estou aqui eu, que sou tua Mãe?
Não estás sob a minha sombra?
Não estás, por ventura, em meu regaço?”

Vim a ti para pedir-te ajuda e recebi;
vim pedir-te amor e o encontrei.

E hoje venho agradecer-te,
do mais profundo do meu coração,
pelos favores, ajudas e proteção
que encontrei e que todo dia encontro em ti.

Obrigado, minha Mãe, Virgem Guadalupana,
Mãe de todos nós!

Obrigado por me receberes como teu filho,
obrigado por atenderes minhas súplicas,
obrigado por tornares a minha vida melhor,
obrigado por intercederes por mim!

Obrigado, minha Mãe! Obrigado!

Milhões de leitores em todo o mundo – incluindo milhares do Oriente Médio – contam com a Aleteia para se informar, buscar inspiração e conteúdos cristãos. Por favor, considere a possibilidade de ajudar a Edição em Árabe com um pequeno donativo.