Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

3 sinais de que seu casamento está em apuros… ou não

COUPLE THERAPY
Shutterstock
Compartilhar

Certas coisas podem parecer problemas, mas nem sempre é assim

Quando eu saí da garagem outro dia, as duas crianças afiveladas nos cintos de segurança em seus assentos no carro, passei pela rotina de verificar as coisas na minha cabeça para ter certeza de que tínhamos tudo. Lanches? Ok. Fraldas? Ok. Telefone? Ok. Comecei a relaxar até que olhei para a minha mão esquerda no volante. Eu tinha esquecido de colocar minha aliança de casamento.

Recusando-me a imaginar a possibilidade de que as pessoas notassem e supusessem que havia problemas no meu casamento, optei por não dar a volta e pegar a aliança. Mas isso me fez pensar em certas coisas que os cônjuges fazem que muitas vezes indicam problemas no paraíso, quando, na verdade, não existe nenhum. Aqui estão alguns que podem significar que seu casamento está em apuros – ou talvez não.

Você não está balançando o anel

Puxa…

“Nós que somos casados ​​temos que ser muito cuidadosos com a forma como representamos nossos casamentos”, aconselha Tiya Cunningham-Sumter, uma coach de relacionamento. “Não usar um anel pode mandar uma mensagem de que você está disponível, ou com problemas em casa”.

Se alguém não está usando aliança de casamento na esperança de parecer solteiro, é evidente que o casamento dele é provavelmente atribulado. Quer estejam ou não sinceramente abertos à infidelidade, o fato de estarem tentando projetar uma imagem falsa de si mesmos não é adequado para um casamento bem-sucedido.

Mas por outro lado (sem trocadilhos)…

Os cônjuges que aparecem sem anel muitas vezes estão excepcionalmente satisfeitos, apaixonados e comprometidos em seus casamentos. O príncipe William é um deles. Então, por que o dedo nu? A esposa e mãe Lori Garcia dá seis razões totalmente legítimas do porque ela é frequentemente encontrada sem o seu anel, tal como do porquê ela se esquece de colocá-lo.

Proteger seu anel de danos ou sujeira é uma razão que Garcia cita, já que há muitas tarefas sem glamour que deixam um anel menos do que perfeito. Claro, existem algumas opções menos caras para marcar o seu dedo. Mas, como diz Garcia, “não tenho nada a provar”.

Vocês dormem em camas separadas 

Esta é uma questão…

A cama conjugal é um precioso espaço de intimidade para os cônjuges, e quando há atrito em um casamento, não é incomum que uma pessoa se retire dela. “Quando ouço que casais estão dormindo em quartos separados, minha reação inicial é ‘há um problema aqui’”, segundo Linda Lewis Griffith, terapeuta conjugal e familiar. “Eu suponho que pelo menos uma das partes está se afastando da outra”. Griffith continua a prever a provável deterioração do relacionamento.

Para os cônjuges que dormem em quartos separados porque são avessos à proximidade física ou intimidade um com o outro, definitivamente há problemas.

No entanto…

Há uma abundância de casais felizes que compartilham muitas coisas, como alegria, realização e satisfação, mas uma cama não é uma delas. Como Starla Hester explica sobre seu próprio casamento, “Meu marido e eu estamos casados ​​há mais de 10 anos e dormir em camas separadas funciona para nós”. Por causa de seu trabalho, o marido de Hester recebe telefonemas noturnos que costumavam acordá-la. Como resultado, ela começou a dormir no quarto de hóspedes. “Meu marido não tem problemas com isso”, observou ela.

Não é incomum que as pessoas durmam melhor sozinhas. Há menos probabilidade de ser despertado por roncos, cobertores roubados ou qualquer uma dessas outras tendências incômodas que temos enquanto cochilamos. Como Hester declarou: “Nunca é a cama que faz o casamento e, às vezes, dormir separados pode tornar o relacionamento mais forte”.

Você está indo a um terapeuta de casais

Ai…

Embora seja admirável que os cônjuges busquem ajuda profissional para seu relacionamento, ter um terapeuta de casais é, muitas vezes, uma indicação de que eles tiveram dificuldade em se relacionar. A maioria dos casais que procuram aconselhamento juntos o fazem porque precisam de ajuda para se comunicar de forma mais eficaz e esperam salvar um casamento em dificuldades.

Prevenção

Acredite ou não, alguns casais muito espertos procuram terapia quando o relacionamento está indo bem. “Nunca é cedo demais em um relacionamento trabalhar no desenvolvimento de uma comunicação saudável e melhoria das técnicas de resolução de conflitos”, explica o psiquiatra e especialista em relacionamento Ayo Gathing, MD. “O fortalecimento dessas ferramentas ajudará a construir uma base mais sólida e a tornar seu relacionamento mais resiliente no futuro”. Muitos casais que estão em terapia gostariam de ter começado mais cedo e, assim, teriam as ferramentas para lidar com problemas menores antes de deixá-los crescer.

Assim, embora o aconselhamento matrimonial venha definitivamente com um estigma, ele pode ser usado apenas como medida preventiva, e não é, de forma alguma, uma garantia de que o casal esteja brigando.

Então você tem três indicações de que o seu casamento pode estar em apuros. Mas, novamente, talvez não em tudo.

Boletim
Receba Aleteia todo dia