Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Seu carro quebrou e ele caminhou 32 km para não chegar atrasado no 1º dia de trabalho

Compartilhar

Quando seu chefe ficou sabendo disso, fez algo simplesmente fantástico (e pode pegar um lencinho para ver o vídeo do final)

O americano Walter Carr andou 32 quilômetros para não chegar atrasado no primeiro dia de trabalho no novo emprego, depois que o carro dele quebrou, em Birmingham, Alabama, (EUA), um dia antes de começar a trabalhar.

No caminho, Walter foi parado por um policial, que ficou impressionado com sua determinação e decidiu levá-lo para tomar um café da manhã, antes de começar a trabalhar para empresa de mudanças Bellhops, de acordo com informações publicadas pelo site CBS News.

Foi graças ao relato de uma cliente, publicado no Facebook, que o estudante de 20 anos ganhou um carro do diretor da empresa. Jenny Lamey contou que tinha combinado com os funcionários da empresa que começaria a empacotar suas coisas no último domingo (15), a partir das 8h.

Lamey ouviu a campainha tocar às 6h30. Ela abriu a porta e viu Walter acompanhado do policial. O policial contou para a mulher que tinha encontrado o rapaz na cidade de Pelham, às 4 da madrugada – Walter tinha andado pelo menos 22 quilômetros.

“Ele andou a noite toda para sair de Homewood e chegar a Pelham. Porque ele precisava trabalhar. Para os que estão lendo isso e não são da região, são 20 milhas”, escreveu Lamey.

Enquanto empacotava alguns itens na cozinha, Walter contou que passou a infância em Nova Orleans, mas que a sua família se mudou para Houston, no Texas, depois que a casa foi destruída pelo furacão Katrina, em 2005.

“Não posso descrever o quanto fiquei emocionada com Walter e a história dele. Mal consigo imaginar essa caminhada solitária… no meio da noite. Quantas vezes ele deve ter pensado em desistir e voltar pra casa.”

Não foi só Lamey que ficou profundamente emocionada. O diretor da empresa de mudanças Bellhops, Luke Marklin, também foi tocado pela história de vida de Walter e pelo esforço esforçou que ele demonstrou para não perder o emprego na empresa.

Marklin viajou do Tennesse até o Alabama para conhecer o novo funcionário. Depois deles tomarem um café juntos, o diretor da empresa entregou para o estudante a chave do próprio carro, um Ford Escape, 2014. Walter pegou a chave e começou a chorar de gratidão.

“Estou muito orgulhoso de estar no mesmo time de Walter. Nós temos um padrão elevado de serviço e ele aumentou mais ainda”, comentou Marklin no seu Twitter.

Uma vaquinha online criada para ajudar o estudante a consertar seu carro arrecadou 8 mil dólares (30 mil reais aproximadamente) quando foi encerrada. Em dezembro, Walter vai se formar em um curso na área da saúde. Depois, ele pretende se juntar aos fuzileiros navais dos EUA e estudar fisioterapia.

(Via Razões para acreditar/crédito da foto: Al.com/Reprodução)