Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 28 Outubro |
Santos Apóstolos Simão e Judas Tadeu 
Aleteia logo
home iconEstilo de vida
line break icon

Como encontrar oportunidades na sua ansiedade

WOMAN,MASS,CANDLES

The Roman Catholic Archdiocese of Boston | CC BY ND 2.0

Jim Schroeder - publicado em 24/07/18

Quando sua pressão sanguínea começa a aumentar, veja como usá-la para ajudar a si mesmo

Outro dia, estava me preparando para fazer algumas leituras em uma missa durante um retiro. Eu podia sentir meu coração batendo. Após tantas vezes que eu já li e falei na frente das pessoas, você pensaria que a ansiedade já teria desaparecido. Mas eu aprendi que, às vezes, esse não é o caso – e eu sei que não estou sozinho.

Embora alguns de nós gostemos do sentimento de estar nervoso, existem algumas oportunidades ocultas para aproveitar quando a pressão arterial começa a aumentar.

Para começar, qualquer ansiedade que experimentamos nos permite fazer uma espécie de “exame de consciência” – um questionamento interno sobre se o que fazemos é algo em que realmente em que devemos nos envolver ou não. Algumas coisas podem parecer óbvias – embora mesmo situações óbvias possam exigir uma pequena reflexão – porque a ação iminente corresponde a uma virtude ou a um vício. O nervosismo antes de enviar um e-mail indevidamente crítico, por exemplo, ou assistir a um vídeo pornográfico indica uma ação a ser evitada.

Sem a ansiedade, talvez não tenhamos um sinal claramente discernível de que estamos indo no caminho errado. E, como o que aconteceria se não tivéssemos uma reação ao esbarrar numa superfície quente, poderíamos ficar gravemente queimados. Outras ações podem não ser tão claras, porém, a ansiedade oferece uma oportunidade para avaliar a circunstância tanto quanto necessário.

No entanto, mesmo que a ansiedade preceda uma ação que é claramente boa, ou simplesmente neutra, a segunda oportunidade que ela oferece é nos ajudar a esclarecer e preparar a mente e o corpo para a tarefa que vem à frente.

Sentado lá me preparando para ler na missa, encontrei-me fazendo algumas respirações profundas e me lembrando de que o medo antecipatório é geralmente o pior e, uma vez que eu inicio a tarefa, é quase sempre melhor.

Mas, às vezes, acho que a ansiedade pode ser um mecanismo que nos capacita para preparar mais para futuras tarefas à frente, e a vida que nos pedem para liderar. Por exemplo, se eu tiver uma apresentação, e nos dias que me preparo para isso estou cheio de todo tipo de medo de que tudo dará errado, talvez minha ansiedade esteja sugerindo que eu deveria fazer mais para me preparar. Então, uma preocupação agora pode ser um lembrete para mais tarde.

Se aprofundarmos, parece que a ansiedade pode ser um indicativo sobre o nosso ego, e o fato de estarmos muito concentrados em nós mesmos e em nossa aparência ao invés da tarefa em questão. Eu percebi que, meses antes, quando eu estava lendo, eu também comecei a sentir a ansiedade crescendo. Era como se o Senhor estivesse dizendo que eu estava muito focado na minha entrega e não nas palavras eternas que eu estava abençoado para ler.

Sempre que isso acontece, isso só serve para diminuir os dons experienciais que eu poderia receber. É como ir a uma festa enorme e perder toda alegria porque você está muito preocupado com o julgamento sobre como você está vestindo e o que você diz.

Há ainda um detalhe final sobre a ansiedade. Não importa como ela nos guia ou o que nos ensina, às vezes ela simplesmente vem. E eu só tenho que aceitar que este é o caso, não importa o que eu tente fazer para calar o mal-estar. Como a maioria das pessoas, eu adoraria sempre me sentir calmo quando eu fico na frente dos outros, mas a realidade é que a ansiedade que sinto pode ter um propósito misterioso que eu nunca venha a entender completamente. Seja para aumentar a minha dependência de Deus (e não de mim mesmo), aumentar a minha gratidão pelas oportunidades recebidas ou produzir em mim uma sensação de humildade ou empatia que pode ser fundamental para a Sua missão na minha vida – eu talvez nunca saiba. Talvez seja porque estou procurando respostas simplórias em um mundo complexo projetado por um Criador infinito que excede em muito a minha capacidade de entender.

Por enquanto, acho que a chave é saber quando agir, quando aceitar e quando me alegrar que meu coração ainda está bombeando e meu sistema nervoso ainda está disparando de uma forma que me lembra que estou vivo.

Tags:
DepressãoSaúde
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
SANDRA SABATTINI
Francisco Vêneto
Primeira noiva em processo de canonização na história foi beatifi...
2
EUCHARIST
Reportagem local
O que fazer se a hóstia cair no chão durante a Missa?
3
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco: “Tenho medo dos diabos educados”
4
Pe. Jonas Magno de Oliveira e sua mãe
Francisco Vêneto
Mãe de padre brasileiro se torna freira na mesma família religios...
5
Transplante de rins
Francisco Vêneto
Transplante de rim de porco em humanos: a Igreja tem alguma objeç...
6
As irmãs biológicas que se tornaram freiras no instituto Iesu Communio
Francisco Vêneto
As cinco irmãs biológicas que se tornaram freiras em apenas 2 ano...
7
BENEDICT XVI
Marzena Wilkanowicz-Devoud
A arte de morrer bem, segundo Bento XVI
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia