Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Assim vive o último ermitão da Irlanda

FATHER DAVID JONES,HERMIT,IRELAND
Compartilhar

Não, ele não vive totalmente isolado. Mas oferece a própria vida como sacrifício para salvar o mundo

Clique aqui para abrir a galeria de fotos

David Jones passou grande parte da juventude na Igreja Batista. Até o dia em que finalmente entrou em uma igreja católica. Foi no fim dos anos de 1960. Encantado com a beleza dos cantos em latim e a fumaça do incenso, o jovem foi atraído pela dimensão mística da liturgia católica. Sua conversão foi imediata. 

Do mosteiro francês à ermita irlandesa 

Rapidamente, ele se encantou pela vida monástica. Com a bênção dos pais, entrou para a comunidade beneditina da França. Lá passou muitos anos antes de viver em vários mosteiros da Europa, inclusive na Itália. Finalmente, os caminhos o levaram a Duleek, na Irlanda. Lá, ele se instalou definitivamente e virou um ermitão. 

O Irmão David convidou a Aleteia a acompanhá-lo em um de seus dias normais – coisa rara, já que os ermitãos nunca permitem que alguém o acompanhe em sua rotina de oração, silêncio e solidão. 

A vida cotidiana do Ir. David tem lugar em um modesto apartamento, o que não corresponde à imagem habitual dos ermitãos que vivem no deserto. No entanto, o clima espiritual e silencioso na casa é intenso. 

Confira as fotos que contam um pouco da rotina do Ir. David. Clique em “Abrir a galeria de fotos” na imagem abaixo.