Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 01 Agosto |
Santo Afonso Maria Ligório
home iconAtualidade
line break icon

Cortar zeros da moeda não resolve problemas da frágil economia venezuelana

VENEZUELA

Fotos: Gregorio Terán, AVN

Inspección del gobierno a un mercado popular en Caracas.

Agências de Notícias - publicado em 27/07/18 - atualizado em 27/07/18

Na Venezuela, os preços aumentam cada vez com maior velocidade, alcançando níveis inverossímeis

A eliminação de cinco zeros da moeda venezuelana evitará o colapso imediato do sistema de pagamentos no país, mas está longe de resolver a hiperinflação e, ao contrário, pode aprofundar as já graves distorções econômicas.

A medida, que entrará em vigor em 20 de agosto, é acompanhada, contudo, por anúncios que sugerem uma flexibilização do modelo intervencionista. Entenda qual é o alcance destas políticas.

– Óculos a 1 bilhão –

Na Venezuela, os preços aumentam cada vez com maior velocidade, alcançando níveis inverossímeis por causa de uma inflação que, segundo o FMI, chegará a 1.000.000% ainda em 2018.

Um par de óculos de leitura pode custar 1 bilhão de bolívares (aproximadamente 300 dólares no mercado paralelo), e um quilo de alho, 32 milhões (10 dólares). O salário mínimo é de somente 1,5 dólar.

Seriam necessárias 10 mil células do mais alto valor para comprar os óculos. O dinheiro em espécie é raridade e as transferências eletrônicas predominam nas transações.

Inicialmente, o governo planejava eliminar três zeros do bolívar, porque tirar cinco “seria admitir a hiperinflação”, disse Henkel García, diretor da consultoria Econométrica.

“Mas é um reconhecimento parcial, pois deveria ser acompanhado de uma reforma econômica para freá-la”, acrescentou.

Maduro garante que a inflação é “induzida” como parte de uma guerra econômica da oposição e dos Estados Unidos para derrubá-lo.

Entretanto, o financiamento do rombo fiscal fez com que a base monetária se multiplicasse por 250 nos últimos dois últimos anos.

O objetivo é “defender, melhorar o poder aquisitivo da classe trabalhadora”, disse nesta quinta-feira o ministro de Indústrias e Produção, Tareck El Aissami.

– Os zeros: ameaça à informática –

A eliminação dos zeros poderá otimizar processos operacionais que se tornam inviáveis, como as transações bancárias, as notas fiscais e o pagamento de pequenas compras.

“Os sistemas informáticos estão no limite, não há plataforma que aguente o número de transações. A possibilidade de um colapso é latente”, disse uma fonte bancária à AFP.

Muitos supermercados precisam dividir em três ou mais notas fiscais cada pagamento recibo, pois seu limite por transação é de 20 milhões.

“A reconversão monetária busca evitar o colapso dos sistemas financeiros das empresas: qualquer transação é de centenas de milhões ou bilhões”, comentou o economista Leonardo Vera.

– Células dissolvidas –

As novas células podem se dissolver em apenas seis meses caso o governo não aplique medidas para controlar a inflação, adverte Henkel García. “Teriam que voltar a cortar os zeros da moeda”.

O alto custo de vida já devorou um conjunto de células de alta denominação emitida no final de 2016.

No início de 2017, a nota de valor mais alto – de 100.000 bolívares – comprava cinco quilos de arroz. Hoje, vale apenas um cigarro.

“Se a inflação continuar a 100% por mês, a nota de 500 (a de mais alto valor no momento) ficará obsoleta em dezembro”, estimou Vera.

-50.000 litros de gasolina por uma moeda?-

A gasolina venezuelana é praticamente o único produto que não sobe, e continua sendo a mais barata do mundo. Com 1 dólar trocado no mercado paralelo podem ser comprados 3,3 milhões de litros (cada um a 1 bolívar).

O absurdo chega ao ponto de que, com a moeda de menor valor no plano monetário, de 0,5 bolívares (50.000 bolívares de hoje), poderiam ser adquiridos 50.000 litros.

Com essa distorção, é provável que o governo seja obrigado a ajustar os preços dos combustíveis e de outros bens e serviços fortemente subsidiados.

“Teremos um aumento implícito de bens e serviços, como a gasolina”, apontou Asdrúbal Oliveros, presidente da Ecoanalítica. Henkel García, entretanto, esclarece que, embora o reajuste seja alto, o preço está tão defasado que continuará baixo.

Os pagamentos de valores baixos, realizados em espécie, como o combustível e o transporte público, podem ficar complicados se o governo optar pelo convívio do velho e do novo sistemas monetários.

Para encher o tanque de um carro pequeno, por exemplo, os venezuelanos não pagam mais do que 50 bolívares. Ninguém sabe como receberá o troco com a nova moeda.

– Dólar bem-vindo –

Maduro deu sinais de abertura ao anunciar que apresentará na Assembleia Constituinte um projeto que flexibiliza o controle de cambial, para atrair o investimento estrangeiro.

Ele também anunciou que isentará de impostos e tarifas as importações de matérias-primas, insumos e máquinas, inclusive usadas.

No entanto, essas medidas somente serão relevantes “se houver estabilidade econômica que atraia investimentos”, opinou o economista Luis Vicente León.

O ministro de Indústrias e Produção, Tareck El Aissami, afirmou que este “programa para a prosperidade” pretende consolidar o socialismo e manterá os subsídios.

(AFP)

Tags:
Mundo
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
SIMONE BILES
Cerith Gardiner
Simone Biles deixa as Olimpíadas com uma lição importante para to...
2
Batizado de Davi Henrique, 6 anos
Reportagem local
Davi, de 6 anos, reclama do padre no batizado: “Tá sabendo ...
3
Ítalo Ferreira
Reportagem local
Ouro no surfe em Tóquio, Ítalo Ferreira rezou todos os dias às 3h...
4
HIDILYN DIAZ
Cerith Gardiner
Olimpíadas: depois de ganhar o ouro, atleta exibe outra medalha e...
5
David Arias
Reportagem local
Ex-satanista mexicano retorna à Igreja e testemunha: “O ter...
6
Claudio de Castro
Como salvar nossas almas nos últimos minutos antes da morte
7
Pessoa idosa rezando o terço
Reportagem local
Brasil: carta de despedida de bisavó de 96 anos comove as redes s...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia