Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 27 Julho |
São Galactório
home iconAtualidade
line break icon

Nicarágua: multidão nas ruas em defesa da Igreja atacada pelo governo

Nicarágua a favor dos bispos

Javier Ruiz, via Arquidiócesis de Managua / Facebook

Francisco Vêneto - publicado em 31/07/18

...Mas a mídia mundial, para variar, fingiu que nem viu

A Nicarágua está vivendo dramáticas convulsões sociais e políticas, com forças do governo ou ligadas a ele agredindo desproporcionalmente os milhões de manifestantes que exigem a renúncia do presidente Daniel Ortega e da vice-presidente Rosario Murillo – que, aliás, é mulher dele. Ortega é ex-guerrilheiro e está no poder há 11 anos pelo partido socialista Frente Sandinista de Libertação Nacional, fundado em 1961 e do qual é líder. Em janeiro de 2014, a Assembleia Nacional da Nicarágua havia aprovado a sua reeleição sem limite de vezes. Ortega conseguiu assim ser reeleito em 2016 para o seu terceiro mandato, sob questionamentos da oposição.

Mais de 440 pessoas já foram mortas nos confrontos entre manifestantes, polícia e milícias pró-governo desde o começo dos protestos populares, em 19 de abril. Entre as vítimas fatais está a jovem brasileira Raynéia Gabrielle Lima, de 30 anos, morta a tiros na segunda-feira passada, 23.

A Igreja católica tem sido um dos alvos principais do governo e dos grupos paramilitares, embora tenha sido convidada pela própria presidência nicaraguense a intermediar os conflitos no país. As milícias e o governo a acusam de incitar a população ao “ódio” – narrativa típica dessa orientação ideológica, para a qual o que é diferente da sua impositiva visão de mundo costuma ser midiaticamente vendido como “ódio”.

Foi nesse contexto que milhares de cidadãos saíram às ruas da capital Manágua neste último sábado, 28, a fim de prestarem apoio aos bispos do país, vistos pelos participantes da marcha como “defensores da verdade e da justiça”.

O cardeal Leopoldo Brenes, arcebispo de Manágua, agradeceu à multidão mediante mensagem via página arquidiocesana no Facebook:

“[Agradeço] aos leigos da nossa Igreja Católica, aos nossos fiéis, assim como a muitos membros de outras igrejas irmãs que se uniram a esta peregrinação, assim como a outros organismos, homens e mulheres de boa vontade que se uniram para apoiar a gestão de serviço que a Conferência Episcopal está realizando.Sem dúvida, todos nós, bispos da Nicarágua, assumimos este pedido da Presidência de participar como mediadores e testemunhas e fazemos isto com uma atitude de serviço. Nós oferecemos um serviço, mas não buscamos ser reis, nem presidente, nem ministros, nem nada disso; apenas servidores.“Queremos agradecer a todos estes irmãos que se manifestaram aqui em Manágua e em outras dioceses, mas pedimos especialmente as suas orações, pois isto nos fortalece”.

Confira algumas das imagens compartilhadas no Facebook pela página da Arquidiocese de Manágua:

Reportagens sobre os conflitos na Nicarágua têm sido frequentes no noticiário internacional. Para variar, porém, tanto as reiteradas agressões contra a Igreja quanto esta marcha popular de apoio a ela foram solenemente ignoradas pela maior parte da mídia mundial.

Enquanto isso, nem o Cristo da Divina Misericórdia escapa às balas da repressão do governo nicaraguense contra os seus próprios cidadãos:


NICARAGUA

Leia também:
Os tiros na Divina Misericórdia e um Cristo que sofre junto ao povo

Tags:
IdeologiaIgreja CatólicamidiaMundoViolência
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
A arrepiante oração de uma mulher no corredor da morte por ser ca...
2
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Charbel disse?
3
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
4
CROSS;
Reportagem local
O que significa o sinal da cruz feito sobre a testa, os lábios e ...
5
JENNIFER CHRISTIE
Jeff Christie
Minha mulher engravidou de um estuprador – e eu acolhi o bebê nas...
6
CONFESSION, PRIEST, WOMAN
Julio De la Vega Hazas
Por que não posso me confessar diretamente com Deus?
7
Anna Gębalska-Berekets
O que falar (e o que não falar) a um ente querido com câncer
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia