Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 29 Novembro |
São Saturnino de Cartago 
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Procurador que investiga abusos na Igreja chilena confirma destruição de provas

CAGUACH

Philip Oyarzo Calisto-(CC BY-NC-SA 2.0)

Agências de Notícias - publicado em 31/07/18 - atualizado em 31/07/18

O procurador que investiga as denúncias de abusos sexuais na Igreja chilena confirmou nesta segunda-feira (30) que houve destruição de provas por parte de religiosos, em uma tentativa de atrapalhar as investigações.

Em sua carta aos bispos, o papa Francisco apontou “que dentro das graves anomalias que eles puderam detectar foi possível detectar precisamente a destruição de antecedentes por parte daqueles que se encontravam encarregados dos arquivos. Damos por verdadeira essa afirmação”, disse o procurador Emiliano Arias, consultado pelos jornalistas.

“Isso já se encontra em investigação e agora falta determinar quem destruiu especificamente e os antecedentes”, acrescentou o procurador.

Há meses a Igreja católica chilena tem sido alvo de uma série de denúncias de abusos sexuais e seu acobertamento. Há duas semanas, foi preso o sacerdote Óscar Muñoz, mão direita do cardeal da capital, Ricardo Ezzati, que se declarará culpado ante o procurador Arias no próximo 21 de agosto.

De acordo com relatório entregue há uma semana pela Procuradoria Nacional, no total 158 bispos, sacerdotes e laicos foram ou estão sendo investigados por abusos sexuais no Chile desde 1960.

A procuradoria registrou, ainda, 266 vítimas, 178 delas crianças, meninas e adolescentes de abusos sexuais por membros ligados à Igreja católica, e mantém em curso 36 investigações, enquanto 108 já foram concluídas.

Em uma primeira declaração sobre o tema, o presidente Sebastián Piñera disse neste final de semana que as autoridades da Igreja Católica chilena “poderiam e deveriam” ter evitado muitos abusos.

“Poderiam e deveriam ter evitado muitos abuso e muito sofrimento a crianças chilenas e isso também me dói profundamente”, disse o presidente em uma entrevista com a Associação Regional de Canais de Televisão (Arcatel).

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia