Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Um padre é um dos sobreviventes de avião acidentado no México

Compartilhar

Testemunha declarou que viu o sacerdote "fazer uma breve oração ao sair do avião" logo após a queda, nesta terça

O voo Aeroméxico 2431 caiu minutos após decolar do aeroporto Guadalupe Victoria, em Durango, no México, rumo à capital do país, com 99 passageiros e 4 tripulantes. Informações da imprensa local apontam 12 feridos em estado crítico, mas as redes sociais têm se referido ao acontecimento como “o milagre de Durango” porque, surpreendentemente, todas as 103 pessoas que estavam a bordo sobreviveram à queda do avião e ao incêndio que se iniciou em poucos minutos.

Entre os sobreviventes está um sacerdote católico: o pe. Ezequiel Sánchez, reitor do Santuário de Nossa Senhora de Guadalupe em Des Plaines, Chicago, nos Estados Unidos.

Uma testemunha que também escapou da morte no acidente relatou que viu o pe. Sánchez “fazer uma breve oração ao sair do avião” logo depois da queda.

Segundo o pe. Manuel Padilla, vice-reitor do santuário de Chicago, o pe. Sánchez “está bem e nos pede que rezemos por ele e pelos outros passageiros que estavam no avião“.

O pe. Ezequiel Sánchez, que sofreu uma fratura no braço e permanece hospitalizado, foi ordenado em 1995. Filho de pais mexicanos imigrantes, naturais de Durango, ele nasceu em Chicago e com frequência representa a comunidade católica local em reportagens e programas de televisão.

queda avião aeromexico
SUUMA Voluntarios / Twitter