Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 25 Julho |
home iconAtualidade
line break icon

Trump admite que filho se reuniu com russos para obter informações de rival

TRUMP,STATE OF THE UNION

Mark Wilson | GettyImages North America | AFP

Agências de Notícias - publicado em 05/08/18 - atualizado em 05/08/18

O presidente Donald Trump admitiu, neste domingo (5) que seu filho encontrou uma advogada russa na Trump Tower em 2016 “para obter informações sobre um oponente”, mas afirmou ter sido “totalmente legal”.

Esse foi o reconhecimento mais claro de Trump de que o motivo da reunião em junho de 2016 foi obter os podres de Hillary Clinton, sua concorrente democrata à Presidência.

Trump insistiu, no Twitter, que ele não soube à época do encontro de seu filho Donald Jr. e Natalia Veselnitskaya, advogada ligada ao Kremlin.

“Esse encontro foi para adquirir informações sobre um oponente, totalmente legal e acontece o tempo todo na política – e não deu em nada. Eu não sabia disso!”.

A reunião passou por um intenso escrutínio do procurador especial Robert Mueller, que está investigando se membros da campanha de Trump se aliaram a esforços da Rússia para interferir nas eleições de 2016 a favor dos republicanos.

O Washington Post relatou neste domingo que Trump tem refletido se seu filho, involuntariamente, colocou-se em risco legal por se reunir com Veselnitskaya.

Trump classificou a reportagem de uma “mentira completa”.

Donald Jr. inicialmente disse em uma declaração ao The New York Times em julho de 2017 que a reunião era “principalmente” sobre a adoção de crianças russas por americanos. O Post informou que a declaração foi ditada pelo presidente.

O filho do presidente admitiu mais tarde que aceitou a reunião com Veselnitskaya, esperando obter informações que prejudicariam Clinton, mas assegurou que não conseguiu nada.

Os advogados de Trump argumentam que a reunião, por si só, não violou nenhuma lei.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
Reportagem local
A arrepiante oração de uma mulher no corredor da morte por ser ca...
2
CROSS;
Reportagem local
O que significa o sinal da cruz feito sobre a testa, os lábios e ...
3
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
4
Papa Francisco
Reportagem local
Papa: como não culpar Deus diante da morte de um ente querido
5
JENNIFER CHRISTIE
Jeff Christie
Minha mulher engravidou de um estuprador – e eu acolhi o bebê nas...
6
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Charbel disse?
7
PADRE PIO
Philip Kosloski
A oração que Padre Pio fazia todos os dias ao Anjo da Guarda
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia