Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia
Redação da Aleteia / ACI Digital
Como surgem as intenções de oração do Papa?
María Álvarez de las Asturias
Como ajudar um casal que se separou?
Padre Reginaldo Manzotti
Oração para pedir luz ao Senhor
Padre Reginaldo Manzotti
5 lições de vida para ser feliz
Prosa e Poesia
Os recomeços
Vatican News / Redação da Aleteia
Papa aos juízes: não buscar interesse pessoal

VÍDEO “fala” por si ao mostrar desenvolvimento de bebê desde a concepção

Bebê em gestação
BABY; FETAL; DEVELOPMENT; KW01; KW071318B
Compartilhar

Em 3 minutos, imagens impressionantes de uma vida nova, que é humana desde o primeiro instante

Hashem Al-Ghaili é um influenciador digital de origem iemenita que reside hoje na Alemanha. Seu foco no YouTube é divulgar a ciência com linguagem acessível ao público em geral.

Um de seus vídeos tem repercutido bastante nas redes sociais nesses tempos de ataque sistemático (e fanático) à própria biologia: em pouco mais de 3 minutos, ele mostra o processo de fertilização, implantação, desenvolvimento e nascimento de um novo indivíduo humano – que, naturalmente, foi um indivíduo humano desde o instante da concepção.

As imagens têm início com a liberação dos espermatozoides e, em seguida, apresentam a fusão com o óvulo para formar o zigoto, a implantação do zigoto no revestimento uterino, a divisão celular e o desenvolvimento do embrião em suas várias etapas – incluindo a formação do cérebro, do nariz, da boca, das orelhas e dos intestinos, até a 6ª semana, o coração completamente desenvolvido na 10ª semana e os primeiros “chutes” por volta da 18ª semana.

Vale recordar, diante desta maravilha da vida, que certos adeptos de uma pseudociência de enviesamento ideológico agressivo e impositivo insistem em negar que um ser humano é um ser humano desde a concepção, preferindo a “narrativa”, contra os fatos demonstráveis, que o aborto até a 12ª semana de gestação não eliminaria um bebê em formação, mas apenas um “aglomerado genérico de células”, que, por passe de mágica e por convenção jurídica, “vira gente” a partir do terceiro mês – nenhum segundo antes. Apresentar tal mitologia não é apenas a negação da moral natural e da lógica básica, mas da própria biologia.

Encante-se com o vídeo:

Aleteia Top 10
  1. Lidos