Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Cerca de 30.000 homens do Estado Islâmico permanecem no Iraque e Síria

icrc.org
بعد الحرب
Compartilhar

Entre 20.000 e 30.000 combatentes do Estado Islâmico (EI) permanecem no Iraque e na Síria de forma equitativamente dilstribuídos, apesar da derrota do grupo extremista e a interrupção do fluxo de estrangeiros que se unem a suas fileiras, segundo relatório das Nações Unidas publicado nesta segunda-feira.

O informe dos monitores da ONU calcula, além disso, que entre 3.000 e 4.000 jihadistas do EI se encontram na Líbia, enquanto que alguns dos principais membros extremistas estão no Afeganistão.

A equipe de monitoramento envia relatórios independentes a cada seis esse ao Conselho de Segurança da ONU sobre o EI e a Al-Qaeda, que estão na lista negra de terroristas da ONU.

AFP

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.