Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 28 Outubro |
Santos Apóstolos Simão e Judas Tadeu 
Aleteia logo
home iconEspiritualidade
line break icon

Os 10 passos da oração carmelitana

Teenagers praying

Philippe Lissac / Godong

Centro Teresiano de Espiritualidade - publicado em 17/08/18

"Se todos os dias formos fiéis a este caminho de oração, em pouco tempo a nossa vida será transformada e comprometida"

O caminho do método da oração carmelitana é o mais simples de todos:

A oração é um íntimo diálogo de amor com Aquele que sabemos que nos ama” (Santa Teresa) “Um olhar lançado para o céu, um desabafo do coração” (Santa Teresinha) “Procurai lendo e encontrareis meditando; batei orando e abrir-se-vos-á contemplando” (São João da Cruz).

Os 10 passos da oração carmelitana

1- Uma “determinada determinação” de rezar

Decidir-se a rezar todos os dias, em todos os momentos; determinar um tempo para a oração diária, para “estar a sós com Aquele que sabemos que nos ama”. Não desistir.

2 – Preparação remota

Criar um ambiente externo de “silêncio e recolhimento” e um ambiente interior: “presença de Deus, atenção aos sinais dos tempos e dos lugares que nos falem de Deus”, para saber reconhecer Deus que nos visita.

3 – Preparação próxima

Um pouco antes da oração, desligar-nos de tudo o que pode nos perturbar, preocupar. Todo encontro que é amor se prepara com antecedência e se deixa tudo por ele. Saber dar espaço para que Deus bata à nossa porta. Ele quer entrar e estar conosco no nosso “castelo interior”.

4 – Presença de Deus

É o momento importante quando, invocando o Espírito Santo, nos dispomos a rezar. Reza-se rezando. É o Espírito Santo o mestre da nossa oração: deixe que Ele reze em você. Invocar o Senhor.

5 – Leitura meditativa

É sempre bom se ajudar, quando o coração está árido, com uma leitura: preferencialmente da Bíblia, mas pode ser de qualquer outro livro espiritual católico. Santa Teresa sempre levava um livro na sua oração. Ler “lenta-atenta-amorosamente” para saborear a palavra de Deus.

6 – Meditação

Refletir e aplicar à nossa vida a palavra lida. Um trabalho da mente muito importante. Deus nos fala e quer que nós compreendamos a Sua palavra de amor. É sempre importante escolher um tema para meditar. A improvisação em nenhuma coisa é boa.

7 – Diálogo afetivo ou amoroso

Coração da meditação carmelitana”: deixar expandir o coração, falar com Deus a partir da vida, do cotidiano, não ter pressa, não ter medo, dizer ao Senhor que nos ama tudo o que se passa em nosso coração. É o face a face. É o deixar-se amar por Ele.

8 – Compromisso

Todo encontro oracional deve ser confirmado, consagrado num compromisso concreto, viável, que fecunde a nossa vida e nos torne sinais verdadeiros da presença de Deus. Evitar compromisso teórico e barato. O que hoje quero fazer a partir da minha meditação?

9 – Agradecimento

Depois de todo encontro de amor, de amizade, sentimos a necessidade de agradecer. Podemos agradecer com o coração, com as nossas palavras ou com textos que nos façam bem: “Magnificat, Pai-nosso…”.

10 – Volta ao trabalho

De coração novo, com empenho e compromisso. Depois da oração não estamos mais sozinhos. Deus vai conosco, as três Pessoas da Trindade trabalham conosco. É vida nova, é paz, compromisso, amor concreto.

Se todos os dias formos fiéis a este caminho de oração, em pouco tempo a nossa vida será transformada e comprometida.

Na realidade, a oração é um descanso, um repouso. É aproximar-se com toda a simplicidade daquele que se ama. É permanecer junto a Ele como um filhinho nos braços de sua mãe, num abandono do coração” (Beata Elizabete da Trindade).

______________

A partir de texto do frei Patrício Sciadini, ocd – Centro Teresiano de Espiritualidade, via Franciscanos.org

Tags:
DescansoIgrejaOração
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
SANDRA SABATTINI
Francisco Vêneto
Primeira noiva em processo de canonização na história foi beatifi...
2
EUCHARIST
Reportagem local
O que fazer se a hóstia cair no chão durante a Missa?
3
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco: “Tenho medo dos diabos educados”
4
Pe. Jonas Magno de Oliveira e sua mãe
Francisco Vêneto
Mãe de padre brasileiro se torna freira na mesma família religios...
5
Transplante de rins
Francisco Vêneto
Transplante de rim de porco em humanos: a Igreja tem alguma objeç...
6
As irmãs biológicas que se tornaram freiras no instituto Iesu Communio
Francisco Vêneto
As cinco irmãs biológicas que se tornaram freiras em apenas 2 ano...
7
BENEDICT XVI
Marzena Wilkanowicz-Devoud
A arte de morrer bem, segundo Bento XVI
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia