Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

7 formas de liberar os hormônios da felicidade

WOMAN
Andrey Yurlov Shutterstock
Compartilhar

Aprenda a fortalecer seu sistema imune, combater o envelhecimento e ainda diminuir o stress

Ser feliz aumenta a autoestima, fortalece o sistema imune, combate o envelhecimento e ainda diminui o stress. A felicidade está ligada a um hormônio chamado endorfina, que é produzido pela hipófise e se espalha por todo o corpo através do sangue e por isso a endorfina é conhecida como hormônio da felicidade.

Existem várias formas de liberar endorfinas na corrente sanguínea, aumentando as chances de se sentir feliz. Este hormônio pode ser liberado através de qualquer atividade que estimule os sentidos, como ouvir a música preferida, apaixonar-se e ter contato íntimo porque com estes estímulos o sistema nervoso reage e há liberação destes hormônios no sangue, trazendo inúmeros benefícios para saúde.

7 formas de liberar os hormônios da felicidade

Para liberar mais endorfinas na corrente sanguínea você deve procurar fazer atividades que goste e se sinta bem realizando, por isso, as atividades podem ser diferentes de uma pessoa para outra. Algumas boas formas de liberar endorfinas são:

1. Faça exercícios

Se você gosta de correr, uma das melhores formas de liberar endorfinas é fazendo uma corrida, pelo menos 1 vez por semana. Mas se você não é fã desse tipo de atividade física e prefere algo mais tranquilo como uma aula de Pilates ou Yoga, por exemplo, é nesse tipo de atividade que deve investir. O importante é encontrar algum momento durante a semana para se dedicar a esta prática.

2. Coma chocolate

O chocolate contém uma endorfina chamada anandamina e por isso após a sua ingestão, a pessoa fica mais feliz e satisfeita. Mas não é preciso comer uma grande quantidade, somente 1 quadradinho já é suficiente para te deixar feliz e não ter um impacto negativo na balança.

3. Dê gargalhadas

Sorrir de forma autêntica já é bom, mas se você conseguir se divertir dando gargalhadas o efeito será maior e muito mais rápido. Por isso estar com os amigos contanto histórias, relembrando momentos felizes ou até mesmo assistindo filmes com cenas divertidas ou espetáculos de comediantes podem garantir momentos de grande alegria. O riso é benéfico e por isso pode ser usado até mesmo como forma de tratamento, chamada risoterapia. Você pode começar simplesmente sorrindo sem muita vontade, mas quanto mais à vontade estiver, mais irá sorrir de verdade e mais facilidade terá para dar gargalhadas.

4. Tenha contato íntimo

O prazer sexual libera endorfinas promovendo a felicidade e por isso é importante manter um casamento saudável, com um contato sexual satisfatório regularmente. No entanto, quando o relacionamento não está muito bem, o efeito pode ser contrário. Por isso, o ideal é que o sexo contribua para a satisfação do casal porque isso promove a felicidade e ainda fortalece o relacionamento.

5. Seja grato

A gratidão pela vida, pela presença dos amigos ou da família também libera endorfinas nos deixando mais felizes por isso é bom refletir e encontrar motivos para ser grato. Se você não tem o hábito de agradecer ou acha que não tem motivos para se sentir grato, experimente fazer uma lista de motivos de gratidão. Tente colocar pelo menos 1 item nessa lista todos os dias e meditar nela, fazendo isso como um exercício. Em pouco tempo você verá que há motivos de gratidão e que por isso você pode se sentir grato, e ser feliz.

7 formas de liberar os hormônios da felicidade

6. Pense em bons momentos

Quanto mais pensamos em situações tristes, mas abatidos podemos ficar; no entanto, quanto mais temos bons pensamos e vemos a vida com um ar positivo, maiores são as chances de ser feliz. Se você tem o hábito de passar a vida reclamando, tente identificar todas as vezes em que teve um pensamento ou fez um comentário negativo e foque sua atenção em substituir estes maus comentários por bons comentários.

7. Faça planos

A chave para o sucesso está no equilíbrio entre sonho e realidade. Sonhar é muito bom e pode nos levar mais adiante, mas ter os pés no chão mesmo quando sonha pode evitar quedas bruscas. Por isso lembre-se de sonhar, mas construa as formas para tornar esse sonho realidade. Quando o sonho se tornar realidade, haverá mais um motivo de gratidão, e isso também traz felicidade.

Uma outra forma de alcançar a felicidade é investir no consumo de alimentos que aumentem a serotonina, que atuam de forma semelhante no cérebro. Algumas boas opções são alimentos como tomate, castanha do pará e vinho tinto. Você pode investir numa pequena quantidade desses alimentos regularmente para aproveitar esse benefício de forma duradoura.

Já as drogas ilícitas como maconha, cocaína e remédios como anfetaminas podem aparentemente trazer felicidade, mas esta é momentânea e ainda prejudica o funcionamento cerebral, sendo prejudicial à saúde e por isso não são indicadas para promover a felicidade.

(via Tua saúde)