Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 17 Janeiro |
home iconEstilo de vida
line break icon

6 sinais que indicam uma amizade tóxica

Por Gregory Johnston/Shutterstock

Psiconlinews - publicado em 22/08/18

Quando a pessoa tóxica é manipuladora e encantadora ao mesmo tempo, fica muito difícil identificá-la como tal

Todo mundo tenta evitar companhias tóxicas; no entanto, isso pode ser um pouco complicado. Quando a pessoa tóxica é manipuladora e encantadora ao mesmo tempo, fica muito difícil identificá-la como tal.

Geralmente não gastamos o nosso tempo procurando problemas em nossos amigos, dessa forma, só percebemos que estamos lidando com uma pessoa tóxica depois de certo tempo, e isso pode levar meses ou até anos.

A seguir estão 6 sinais que podem ajudá-lo a detectar uma companhia tóxica:

1. Exibem desrespeito de forma casual

Isso pode se manifestar através de pequenas atitudes, como um revirar os olhos ou falar com a garçonete em um tom mais condescendente. É também bem típico desse tipo de pessoa burlar regras que não sejam tão comprometedoras como, por exemplo, tirar uma selfie num evento em que é claramente proibido tirar fotos; é como se elas quisessem mostrar que são melhores que as outras, outro exemplo é deixar o prato sujo em cima da mesa, confiante de que alguém vai tirar para ela, essas são pequenas atitudes que demonstram a falta de consideração que elas têm pelos outros. Esses sinais podem servir de alertas para que você se afaste, pois ela pode tratar os seus sentimentos da mesma forma que deixa a roupa jogada no chão do banheiro.

2. São especialistas em colocar a culpa nos outros

Esse tipo de pessoa evita assumir a responsabilidade em qualquer tipo de conflito e habilmente transfere a culpa para os outros: Se a esposa não tivesse incomodado ele para ir cortar a grama, ele não teria tropeçado e se machucado; se o chefe não fosse tão idiota, ele já teria conseguido o aumento desejado. Essa mentalidade não se aplica apenas às pessoas de seu círculo de amizades, mas também às figuras de autoridade. Esse tipo de pessoa sempre reclama de todas as multas que recebe no trânsito, como se nenhuma delas tivesse sido sua culpa.

3. São ótimas em se gabar

Essas pessoas são obsessivas por si mesmas. Geralmente acham que são as melhores naquilo que fazem, vivem se gabando por praticar mil atividades e ter vários hobbies. Gostam de se gabar na frente de outras pessoas, principalmente porque isso faz com que elas cresçam e você diminua na frente dos outros, isso faz elas se sentirem bem, infla o seu ego. O problema é que isso faz mal a você.

4. Gostam de interromper

Interromper os outros é provavelmente o sinal mais irritante, e é o indício de um problema mais profundo. Isso significa que, para ela, as palavras dela são muito mais importantes do que as dos outros. Isso só evidencia que essa pessoa é extremamente egocêntrica e com pouca consideração aos sentimentos e pensamentos alheios. A escolha pela interrupção também sinaliza que ela não estava ouvindo o que você estava falando, só estava na verdade esperando a sua vez de falar.

5. Sentem a necessidade de ser o centro das atenções

“Gosto de ser o centro das atenções. Meu ego gigante anseia por isso”, disse Paul Shaffer, brincando com a necessidade do seu amigo de ser o centro das atenções. No entanto, isso não é brincadeira, é um sinal de toxicidade. Pessoas que precisam da validação constante de outras pessoas, provavelmente não são seguras de si mesmas. Esta insatisfação e autoaversão é a raiz da maioria dos comportamentos tóxicos. Sua própria validação não é suficiente, porque ela não valoriza a sua própria perspectiva. Ela sempre irá implorar pela aprovação dos demais, a não ser que aprenda a amar a si mesma.

6. Sempre têm algo ruim para falar sobre os outros

Elas são extremamente críticas com relação aos outros. O passatempo favorito delas é fazer observações negativas sobre as outras pessoas. Talvez ela sequer conheça o alvo de suas críticas, mas isso não a impede de criticar. Elas gostam de julgar os outros porque assim não precisam olhar para si mesmas. Ao rebaixar os outros, o seu ego é construído da maneira mais tóxica possível.

(via Psiconlinews)

Tags:
AmizadeSofrimento
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fáti...
UNPLANNED
Jaime Septién
Filme contra o aborto arrasa nas bilheterias ...
BABY BAPTISM
Padre Reginaldo Manzotti
Por que é tão importante batizar uma criança?
Deserto de Negev
Francisco Vêneto
Pedra de 1.400 anos com inscrição mariana é e...
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens pode...
Reportagem local
Papa Francisco: cuidado com os cristãos que s...
POPE JOHN PAUL II
Philip Kosloski
"Não tenhais medo": a frase mais usada por Sã...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia